quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Série B 2017 ontem

Rodada cheia da série B ontem, e vamos ao post!



BOA ESPORTE 0 X 0 INTER
Começo com o Inter, começo com o Colorado e o 0 a 0 que até Guto Ferreira testou Camilo e D´Alessandro juntos armando as jogadas coloradas durante grande parte do jogo, mas o desempenho foi péssimo ao somar do jogo em si, até o Dale disse algo no fim de jogo que resumiria e faria a gente parar de escrever do jogo, continuam a publicação.
O Inter até começou bem, até teve uma chance com Nico López, mas o Boa com contra-ataques melhorou no jogo embora as chances vieram sempre na bola parada, num escanteio dentro da primeira etapa de jogo. E ainda deu tempo do Danilo Fernandes defender um chute que veio fraquinho ao gol colorado.
Na segunda etapa, Cláudio Winck chuta cruzado mas o goleiro do Boa defende, além do Pottker ter criado chance.....e mais nada no Inter sem inspiração ontem em Varginha onde nem as entradas do Roberson e do chileno Felipe Gutiérrez adiantaram alguma coisa. Já o Boa Esporte, esperava um contra-ataque apenas para encaixar, mas não deu e o empate sem gols num jogo sonolento aconteceu.




LONDRINA 1 X 0 FIGUEIRENSE
Vamos falar do jogo do Estádio do Café em que fez a vitória do Tubarão sobre o Figueira que mais uma vez jogou mal e mereceu a derrota.
Muita marcação, muita correria e nada de futebol.....assim a primeira etapa foi resumida de forma clara e concreta. Só que também teve o gol, 28 do primeiro tempo e a bola sobra para Carlos Henrique marcar o gol do Londrina que até poderia ter feito o segundo em duas ocasiões como a do Artur e com Rômulo.
Na segunda etapa, enquanto nem com as alterações o Figueirense foi assustar o Londrina, o Londrina meteu bola no travessão com Negueba(ele mesmo, ex Coritiba, Grêmio, Flamengo...ele mesmo) e no final o 1 a 0 que parecia que era 3 a 0, 4 a 0, com 1 adversário tomando conta e se tranquilizando em parte do jogo e o outro time sem assustar NADA.




GUARANI 1 X 1 ABC
Empate que não agradou ninguém no jogo do Brinco de Ouro em Campinas e o Guarani cada vez mais vai se complicando. Outra partida que tivemos emoção zero e alguns lapsos com gols e oportunidades dentro de uma série B que a cada ano o nível só piora até fazendo a gente que acompanha a competição ter que transformar as publicações daqui a pouco em 140 caracteres de twitter, com tanta ruindade e tanta sonolência nos jogos, e tirando poucos que ainda jogam uma bola ao menos apresentável.
Tudo parecia ficar fácil para o Bugre ontem aos 5 minutos quando abriu o placar. A zaga abecedista se atrapalha e a bola sobra para Caíque que aproveitou um verdadeiro balão dado pelo Richarlyson(que não dá pra chamar de cruzamento, convenhamos) e 1 a 0 no marcador para o Guarani. O ABC pouco fez durante a primeira etapa de jogo, já o Guarani dominava o jogo e até quase fez o segundo com Caíque, mas aos 41 minutos veio o empate que foi achado do lado dos comandados de Itamar Schulle. Matheus dá passe pra Arez, que cruza errado e mal mas Vitor Júnior aproveitando a sobra completa o lance e marca o 1 a 1, lembrando que este Vitor Júnior é aquele mesmo, aquele ex Botafogo.
Na segunda etapa, era ataque contra defesa, mas o Bugre parava nas suas limitações e nos seus erros por mais que tenha até criado alguma oportunidade. Ao ABC restou segurar o jogo para tentar ao menos levar o empate, por mais que não tenha agradado a ninguém o resultado no quesito campeonato. Ficou assim em Campinas.




CRB 2 X 2 NÁUTICO
E o CRB volta a ressuscitar adversário jogando dentro do Rei Pelé e NADA muda no time regatiano com relação a futebol e está fazendo uma força para cair......CRB e Guarani estão nessa situação que assusta, até conversava com gente que acha que o CRB já caiu perante toda a situação que o time se afundou. Já o Náutico, até podia ter tido uma sorte melhor em Maceió, não jogou mal, e merecia sim algo melhor no jogo.
O CRB pode se agarrar na sorte, igual alguns clubes da série A em que existe times ruins abaixo da tabela que não pontuam de jeito algum. Porque no quesito futebol.....tá feia a coisa.
Em menos de 10 minutos, 1 oportunidade para cada lado...foi assim que o jogo começou, até me arrisco a dizer que pelo o nível que anda a série B, CRB x Náutico até fizeram um jogo animado. Depois disso, só deu CRB na primeira etapa. Jéfferson, goleiro Timbu tendo trabalho na cabeçada do Zé Carlos, sem falar na cabeçada do João Paulo(que foi um dos jogadores mais ativos de ontem) que passou rente a trave. Mas quem abriu o placar foi o Náutico, Suéliton chuta de fora da área e o Edson Kolln acaba aceitando, 1 a 0 Náutico.
Só que o CRB chegaria ao empate no fim do primeiro tempo quando João Paulo acerta um chutaço de fora da área, golaço do Galo que deixa tudo igual no Rei Pelé. 1 a 1 e intervalo de jogo.
Na segunda etapa, o CRB insistia bastante ainda mais pelas 500 mil bolas na área e nelas quando Jéfferson não fechava o gol para o Náutico, era a pontaria que ficava longe de fato. Mas aos 36 minutos, o Náutico virou o jogo quando Leílson cruzou para a área e Bruno Mota tocou pra rede até aproveitando mais uma falha da zaga, gol Timbu e 2 a 1 no placar. Mas o CRB não demorou a empatar e empatou quando Neto Baiano aproveitou rebote do Jéfferson e deixou tudo igual dando números finais ao jogo em que a torcida do CRB saiu na bronca e com razão pois o time está jogando NADA.






GOIÁS 1 X 0 JUVENTUDE
Enquanto o Juventude não se recupera de jeito algum além da apatia danada, o Goiás consegue uma vitória importante para tentar se safar da série C que mora a sua porta e até com bom público no Serra Dourada, alias é algo que tenho dito a um tempo: Torcida Goiana quando quer, ela aparece e faz bons públicos no estádio seja em situação de subida ou de briga para não cair.
Já começo falando da penalidade perdida por Júnior Viçosa no primeiro tempo, vai bater mal assim lá em Goiânia, não é hora de inventar ainda mais num momento tão de sufoco para o lado esmeraldino. Falo da penalidade em favor do Goiás aos 13 minutos que o atacante esmeraldino cobra, telegrafa o lance e o goleiro Matheus do Juventude salva a papada de tomar o gol. Depois disso, o Goiás seguia em cima só que quem criava as melhores chances era o Juventude quando Marcelo Rangel salvou o Goiás por 2 vezes de sofrer o gol.
Enquanto Gilmar Dal Pozzo botava Caprini, o Hélio dos Anjos era xingado de burro ao torcedor que estava sem paciência com o treinador. Assim começou a segunda etapa em que o Goiás volta melhor, mas chance que é bom....nada. Jogo que nada aconteceu no segundo tempo, deu até para a turma de Goiás pegar o finalzinho do jogo do Vila Nova no duplex feito. E o gol saiu aos 36 minutos em favor do Goiás quando Tiago Luís fez cruzamento para Aylon que recebeu, dominou, ajeitou, girou e fez o gol da vitória no Serra Dourada.





CEARÁ 1 X 0 PARANÁ
Jogo de Fortaleza, o Paraná teve uma péssima atuação em que em nenhum momento mostrou provas que poderia vencer o jogo, já o Ceará apesar do magro 1 a 0 conseguiu vencer e atuar bem por lá.
Aos 4 minutos, o gol do Vozão no primeiro tempo em que num chute despretensioso virou cruzamento, virou lançamento e Leandro Carvalho sozinho e sem impedimento mandou para o fundo das redes já de cara e se não é o goleiro Richard, o Paraná teria levado o segundo e o terceiro ainda no primeiro tempo de jogo. A única chance paranista foi com João Pedro em que o Fernando Henrique espalmou.
Na segunda etapa, mais Richard que foi salvar o Paraná do pior já que o time nada fez durante o jogo. O Volume ofensivo do Alvinegro de Porangabuçu foi tanto, mas tanto que estava mais fácil o segundo gol sair ali. Mas não saiu e só teve a vitória magra do Ceará, mesmo com o Paraná tentando algo no desespero no fim de jogo, ficou assim no Castelão.



CRICIÚMA 0 X 1 VILA NOVA
Vila Nova e uma importante vitória fora de casa, enquanto isso o Criciúma segue com aquela mesma bola que nada muda na série B desse ano além de uma temporada mais uma sem graça do lado do Tigre. Sem firulas, vamos falar do jogo que começou com pressão inicial do Criciúma, mas o gol aos 13 foi do Vila Nova em rebote baseado de bola na trave somado com a defesa do goleiro Edson, Alípio pegou a sobra e fez o gol que seria o gol do jogo. E olha que o Vila poderia ter ampliado o marcador ontem....Lourency que o diga.
Na segunda etapa, o Vila recua, o Criciúma ataca e para nas mãos de Luís Carlos, o goleiro do Vila Nova fechou o gol ontem e fez com que a vitória fosse assegurada no Heriberto Hulse.




BRASIL DE PELOTAS 0 X 0 AMÉRICA MG
Empate sem gols em Pelotas, onde ninguém foi pra frente na tabela da série B. O Jogo teve oportunidades? Até teve, mas o quesito técnico foi fraco como em outros jogos da própria B ontem na rodada cheia.
Misael e Lincom fizeram as melhores chances xavantes no primeiro tempo, já de outro lado Renan Oliveira e Bill criaram as melhores chances do Coelhão no jogo em que as duas pararam em Marcelo Pitol e mais nada aconteceu no primeiro tempo. Já na segunda etapa, poucas chances de ambos os lados e um jogo sonolento. No quesito chances, 2 bolas no travessão em favor do Brasil de Pelotas e do lado americano um chute pra defesa de Marcelo Pitol e mais nada no Bento Freitas onde o empate ficou desta maneira.



SANTA CRUZ 2 X 2 OESTE
E olha que teve protesto no fim de jogo a ponto do Grafite falar com o bando que o elenco não estava de sacanagem.....o Santa Cruz segue sem engrenar e volta a pergunta sobre "Já pensou o Oeste na primeira divisão?".
Eficiência: Palavra esta que cercou o primeiro tempo, o Santa Cruz lutava, pressionava, criava chances mas o Oeste era o eficiente da vez. Eficiência que originou penalidade para agora a equipe de Barueri, Mazinho cobra e faz o 1 a 0 para o Oeste.
Na segunda etapa, perdido por 1, perdido por mil.....assim o tricolor do Arruda fez durante toda a segunda etapa. Chegou a empatar na penalidade clara que Grafite fez e olha que tinha empatado o jogo e tinha ocorrido a expulsão do William Cordeiro que deixou o Santa com 1 a mais em campo, só que nem tudo isso deu alento para a virada, pois na jogada individual do Mazinho a virada do Oeste aconteceu para jogar aquela ducha de água fria no povo tricolor pernambucano.
Até João Paulo empatou para a equipe de Marcelo Martelotte, mas nada feito e o empate com vaias, protestos, alias a posição atual de Santa e de Náutico refletem bem o futebol, refletem bem o que se passa os clubes e sem contar os elencos montados que merecem série C e que só podem escapar por ter gente na frente que é do mesmo nível.



LUVERDENSE 1 X 1 PAYSANDU
Finalizo com o duelo de Lucas do Rio Verde em mais um redundante jogo ruim dentro da rodada completa de ontem. Até que o Paysandu começou melhor no primeiro tempo, fez seu gol com Bergson aos 11 minutos, mas depois o time de Lucas do Rio Verde foi melhor e de tanto insistir conseguiu o seu empate no finalzinho do primeiro tempo quando Marcos Aurélio fez o seu gol.
Na segunda etapa, o Paysandu teve que segurar o empate pois o time do Luverdense estava em cima a ponto de virar. Era bola que passava perto, era bola que batia na zaga do Papão, inúmeros momentos que no final não passaram do empate em meio a um jogo que foi tecnicamente ruim.

No Super 20 da LNB Argentina, San Lorenzo vence Boca na La Bombonerita

Foto: Basquet Plus



Quando você sabe que está encarando um adversário superior, e está prestes a fechar o jogo, não se permite NENHUM tipo de brecha aberta e tampouco se permite desatenção ainda mais em fase do jogo tão decisiva assim. Nisso o San Lorenzo aproveitou para vencer o jogo em cima do Boca que dominou ao menos grande parte do jogo que foi televisionado na Tyc Sports(San Lorenzo televisionado na Tyc, me conte uma novidade), 78 a 75 no destaque do post do Super 20 da LNB Argentina no outro jogo da noite.
Confesso que tomei um susto no começo da partida quando vi um 14 a 2 em favor do Boca, se fosse o contrário certamente não iria ser surpreendente por tudo que fala do San Lorenzo e tudo que sabemos como a equipe de Gonzalo García pode funcionar. Só que foi a famosa surpresa de fato, e um 18 a 10 em favor do Boca.
No segundo quarto, o controle seguia sendo xeneize. Obviamente que o San Lorenzo iria baixar vantagem, tinha qualidade para isso e ainda com o aporte do José Vildoza isso aconteceu bastante, mas mesmo assim o Boca se manteve nos destaques, como o jogo interior de Bryan e Lampropoulos e sem falar nos aportes de Boccia e Fierro para manter a vantagem e nisso 36 a 29 em favor do Boca Jrs no fim do primeiro tempo de jogo.
Os comandados de Gonzalo García entraram no jogo no terceiro quarto de jogo. O San Lorenzo com Calfani, com Justiz Ferrer já tinha chegado a 3 pontos atrás e desde então já era outro jogo de fato, até que Lucas Pérez com passes e pontuações começou a jogar e ajudou o Boca a simplesmente voltar ao menos na vantagem de 10 pontos antes do último quarto.
Qual foi o erro xeneize em não segurar a vantagem? O último quarto encontrou a famosa resposta para esta pergunta, quando essa linha de ataque, defesa foi completamente perdida e valeu momentos decisivos de jogo em favor de Deck, Aguirre e Mata para liquidar a partida além dos lances livres, mesmo o Mata errando os dois no último lance do jogo por mais que o Boca tentou a ultima para empatar e forçar a prorrogação. Deu San Lorenzo.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: San Lorenzo teve 19 pontos do Gabriel Deck, 16 do Justiz Ferrer, 14 do Penka Aguirre e 12 do José Vildoza. Já o Boca teve 15 pontos do Bryan, 14 do Lucas Pérez, 14 do Lampropoulos, 12 do Boccia e 11 do Gamboa.

No Super 20 da LNB Argentina, Atenas passeia e vence Quimsa no Cerutti

Foto: Germán Ruiz/ Prensa Atenas




E que passeio do Atenas sobre o Quimsa jogando no Carlos Cerutti em Córdoba hein! Atenas que fechou a sua participação nesse Super 20 e estará na fase de reclassificação em que pega o vencedor do outro lado ou Quimsa ou Olímpico no encontro que seria numa melhor de 3 para definir a reclassificação segundo nas novas regras impostas pela a LNB Argentina nesta temporada.
É do 90 a 72 que o Blog destaca na postagem, e o Meyinsse hein? Que noite do ex Flamengo e San Lorenzo, sem falar no tempo dele no Regatas que era um ótimo tempo dele e parece que ao menos nessa noite baixou esse espírito no pivô, se fosse aqui no Brasil já iriam falar dele tomar um açaí feliz, mas na Argentina os hábitos são diferentes e justos a uma grande atuação em que jantou o garrafão da "La Fusión"(como é conhecido o Quimsa).
O Jogo quando chegava na metade do terceiro quarto, já estava resolvido a um tempão. Quimsa mal ofensivamente, jantado defensivamente pelo adversário e isso foi em grande parte do jogo apesar do primeiro quarto em que o Meyinsse liderou o Atenas, mas na parte final do quarto Marcus Melvin simplesmente meteu uma bola importante para manter o Quimsa na disputa, 23 a 18 no fim do primeiro quarto para os comandados de Nicolás Casalánguida.
No segundo quarto, bolas de 3 a pura profundidade, a dupla Cantero-Meyinsse se entendendo demais e jantando a defesa do Quimsa e a vantagem foi lá pra cima num 54 a 30 que só aumentou a ponto do último quarto ficar apenas no protocolo. A noite do Atenas foi contundente enquanto o Quimsa terá que esquecer e não remoer muito essa derrota que foi acachapante.
Esse passeio do Atenas sobre o Quimsa foi o fato na noite da LNB Argentina no Super 20. E assim ficou.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Atenas teve 18 pontos do Meyinsse, 16 do Mateo Chiarini, 16 do Donald Sims, 14 para Juan Cantero e 13 para Nico Romano. Já o Quimsa teve 18 pontos do Marcus Melvin, 12 para Schattmann, 11 do Gadson e 10 do Juan Brussino.

LUB 2017-18 nesta terça

Tivemos 3 jogos na Liga Uruguaia de Basquete e não é que o Blog se ligou em todos? Pode ser televisionado, pode ter apenas o rádio na companhia, o Blog não tem fronteiras e cuida da realidade uruguaia como a novidade mais presente no Blog!
Fotos do post: Decano.com/Reprodução, Rádio Sport 890/Twitter e Hundila(@hundila no twitter)




BOHEMIOS 66 X 77 NACIONAL
Televisionado lá no Uruguai, e este é o ginásio do Bohemios, acanhado como todos os outros na Liga Uruguaia em que só o Palacio Peñarol que tem mais público e consegue ter a organização para sediar competições internacionais quando alguma equipe uruguaia jogando atualmente, é assim enquanto não der o tal chute na mesa para que os clubes consigam melhorar a sua estrutura ainda mais em ginásios, e você me verão falar disso todas as vezes parecendo um chato.
Sobre a partida desta terça, o Nacional conseguiu ser mais competente na parte final de jogo e com um Danridge(que num passado não tão distante me fez lembrar ele com a camiseta do Defensor Sporting vencendo na Panela de Pressão o Uniceub Brasília numa edição de grupo na Liga Sul-Americana, jogo que foi a prorrogação) decisivo para a vitória do Nacional fora de casa(Nacional que é o do futebol, ele mesmo).
No primeiro quarto, equilíbrio de começo mas na reta final dele o Nacional foi melhor e fechou na frente por 21 a 15. Já no segundo quarto, se cozinhou uma vantagem de 10 pontos em que o Bohemios mal se encontrava e o Nacional na linha de frente soberaníssimo e sem levar sustos no jogo e com também boa atuação de Leandro Taboada(o que já jogou no Brasil não é ele, o que já jogou por aqui é o Emílio Taboada que está no Urunday) e o próprio jogador me acerta uma bola de 3 que ela toca no aro sobe e depois cai para um 44 a 30 no fim do primeiro tempo na quadra do Bohemios, Nacional na frente.
Na volta de intervalo, com Kelley e Perdomo aparecendo bastante, com a defesa melhorando e os rebotes aparecendo o Bohemios voltou ao jogo sem contar que a vantagem de 10 pontos que estava cozinhada, tinha ido ao espaço. O Nacional até chegou a queimar uma gordurinha numa vantagem pequena, mas....a vantagem era apenas de 1 ponto fazendo a decisão do jogo só ir para o último quarto. Nacional ainda na frente por 56 a 55.
No último quarto, quando restava 5 minutos para o fim o placar estava bem igual e o jogo estava muito disputado até então. Eis que surge a dupla Danridge-Taboada sendo decisiva por lá para liquidar a fatura e vencer o jogo que quase escapa das mãos para o Nacional.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Nacional teve 20 pontos do Leandro Taboada, 19 do Danridge, 15 para Moglia e 14 para o nigeriano Eziuwku. Já o Bohemios teve 22 pontos do Kelley, 16 para Perdomo e 11 para Trelles(que não é o ex Aguada Rodrigo Trelles que também está na equipe do Bohemios), Bohemios que esteve sem Daniel Stewart que fez uma falta danada.





HEBRAICA Y MACABI 81 X 65 OLÍMPIA
Jogo de um time só, assim na volta a realidade da Liga Uruguaia após o mico passado na Colômbia de ser saco de pancada do grupo da Liga Sul-Americana, a vitória dos comandados de Leonardo Zylberstein aconteceu sobre o Olímpia que havia assustado no começo do campeonato com vitória surpreendente segundo os uruguaios sobre o Malvín e agora voltou a perder mais uma, jogo que foi realizado na quadra do Tabaré(alias, porque o Hebraica y Macabi vive mandando jogos em vários outros ginásios ao invés de usar o seu ginásio? É algo que não entendo).
Apesar do começo de jogo equilibrado, o Hebraica y Macabi já tomou a linha de frente e foi largar um 22 a 9 que se transformaria num 26 a 13 no fim dos 10 primeiros minutos, "El Macabeo" estava na frente.
E essa vantagem só continuou durante todo o jogo. O Olímpia foi totalmente inofensivo durante a partida inteira, tendo em conta tudo isso....o Hebraica y Macabi simplesmente em algum momento controlou a partida e foi para a vitória sem problemas e isso porque estava sem Leandro García Morales que estava desfalcando a equipe "Macabea". Apareceu Zanotta, apareceu Medina, apareceu Hicks que foram pilares dentro desta vitória. 40 a 22 no intervalo, 65 a 45 com 20 pontos de frente e no fim placar administrado, assim foi a tranquila vitória do Hebraica y Macabi a um Olímpia que não foi incomodo algum por lá.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Hebraica y Macabi teve 22 pontos do Michael Hicks, 16 do Zanotta, 14 do Medina e 12 do Eric Williams(que é parecido com o Newsome, pegue bem a foto dele e compare). Já o Olímpia teve 28 pontos do Waddell, 17 para Silvarrey e 10 para Viana.





BIGUÁ 93 X 77 GOES
Só 1 derrota, só 1 estrangeiro(tentaram acertar com Kyle Lamonte mas o negócio não vingou) e ainda com 3 desfalques.....olha a campanha e o tamanho da vitória do Pato de Villa Biarritz nesse começo de campeonato. Até beira a uma clássica surpresa, pois estava longe de apontar o Biguá como candidato lá na frente, já o Goes....segue mal pelas tabelas e não só os uruguaios, mas até esperava um pouquinho mais embora o Goes também está longe de ter elenco para título por mais que me achem um louco nessa parte.
Vitória de ponta a ponta em Villa Biarritz a favor do Biguá em seu ginásio que a uns meses atrás teve a Argentina jogando amistoso contra o Uruguai só para que você do outro lado possa se situar, foi o jogo padrão das rádios, o jogo que as rádios tomaram de conta por lá com o resto fazendo o clássico posto de informação a cada lado.
No primeiro quarto, o West que foi contratado de forma temporária.....carregou o Biguá nas costas, além do sempre balanço defensivo apontado nos comentaristas de jogo(um deles foi o Buysan falando disso), o estrangeiro fez praticamente metade dos pontos no quartos, 28 a 17, Biguá na frente no final.
No segundo quarto, o Biguá continuou jogando basquete contra um Goes de nível baixíssimo e perdido no jogo. O Biguá chegou a abrir 40 a 19(21 pontos de frente) com direito a Brause e a Aguiar sendo destaques de jogo desde as bolas de fora e do perímetro, nisso um 51 a 36 na chegada do intervalo em favor do Pato de Villa Biarritz.
Na volta do intervalo, assim como no último quarto.....o panorama de jogo não mudou. Goes sem nenhuma reação e com Jackson e Vázquez salvando do pior o "Misionero" e ao menos o Biguá foi administrar uma vantagem de 15 pontos que em nenhum momento foi incomodado e a vitória foi contundente do Biguá jogando na sua casa, em seu ginásio contra um Goes que virará assunto nos principais programas de rádio uruguaios no basquete.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Final dramático e Vitória bate Malvín na estreia da Sul-Americana de Basquete

Foto: Marlon Ribeiro




É.....se já teve drama na partida de fundo, o que falar na partida entre rubro-negro baiano e o "Playero" uruguaio, hein? Jogo de final dramático e o Vitória estreou com a redundância do nome jogando em Cajazeiras.
O que frustrou e decepcionou, por mais que Cajazeiras seja um bairro afastado e complicado para chegar(Já me contaram isso, nunca fui a Salvador sentir isso na pele, mas me contaram isso sendo de rádio que fez jogo lá até a torcedor mesmo do Vitória que me conta sempre esse relato) o apelo da competição pedia caldeirão pois não é todo o dia, não é toda a temporada que se disputa uma competição que só fica atrás da Liga das Américas, esperava mais do torcedor do Vitória em Cajazeiras com relação a público.
Vamos falar desse dramático 70 a 69? Então sem perda de tempo, vamos lá. Primeiro quarto de jogo em que se baseou nas duas equipes começando devagar o jogo, mas com Hátila Passos e Garrett no garrafão, até o Malvín chegou a abrir 11 a 8, mas na parte final do quarto o Vitória voltou a ficar na frente e tomar conta das rédias do jogo para ficar na frente no fim do primeiro quarto e 16 a 11 para os comandados de Régis Marreli.
No segundo quarto de jogo, apesar de muitos erros de ambos os lados.....o Vitória tinha uma vantagem, até chegar as bolas de 3 seja do Souberbielle, Cabot e Mazzarino para que os uruguaios fossem encostar no placar chegando a estar a 2 pontos atrás apenas e até passou a frente, mas o Vitória conseguiu terminar na frente mesmo com um jogo equilibrado a vista, 31 a 30 na vinda para o intervalo, vantagem rubro-negra baiana;
Na volta do intervalo, Muito equilíbrio durante grande parte do quarto, muitos erros de ambos os lados e enquanto Mazzarino carregava a equipe "Playera" de um lado, do outro os reforços do Vitória na temporada tinham que ajudar como Matthew Shaw(ex Gimnasia Comodoro), Okorie e sem falar no garrafão. Só que no fim do quarto, Malvín 50 a 49 e toda a decisão da partida sendo jogada para o último quarto.
Quando o Vitória por ao menos 2 vezes abriu uma vantagem considerável(uma na reta final abrindo 9 de frente, e uma no começo do quarto quando fez uma sequência de 10 a 2) parecia que venceria o jogo, parecia que controlava a partida e nisso o Marreli precisa corrigir para uma temporada que terá jogos assim até no NBB, a falta de regularidade e consistência para administrar o resultado e precipitar onde não precisa. Nestas 2 vezes, a equipe uruguaia reagiu no jogo, com Garrett, com Mazzarino e com Robinson chega no placar e a empatar o jogo. No resumo da ópera, instantes finais e drama a vista no bairro de Cajazeiras.
Empate em 67, as equipes tiveram uma chance de largar na frente mas nenhuma passou a frente, até que parecia que seria cesta da Vitória rubro-negra quando o Malvín perdeu a posse de bola e no contra-ataque Shaw na tabela marcou, mas o Malvín na pressa com Robinson deixou tudo igual e 69 a 69 com 4 segundos de posse de bola(e tinha rádio uruguaia narrando que teve prorrogação, e isso porque o narrador estava nos estúdios e com tempo e placar na frente.....), Marreli pediu tempo e na volta da posse de bola o Murilo ia para a cesta e sofreu a falta que tinha que bater 2 lances livres, gozado que vendo o lance me deu a sensação de que o Garrett foi limpo na bola, o que seria toco legal e seria prorrogação, ainda consigo ter dúvidas quando olho a jogada de fato.
Murilo converteu o primeiro, errou de propósito o segundo, e a bola tocou no jogador uruguaio e saiu pra lateral em que era só repor com 2 segundos e finalizar o jogo, foi o que aconteceu....estreia com vitória para os comandados de Régis Marreli e a equipe do Pablo López mostrou um poder de reação que não pensava que duraria com um elenco numa falta de rotação danada.
Cestinhas/ Maximos Puntuadores: Vitória teve 17 pontos do Nick Okorie, 13 do Matthew Shaw e 13 do Kenny Dawkins. Já o Malvín teve 20 pontos do Mazzarino(que acabou com o jogo, deu muito trabalho, mostrando que ainda joga muita bola), 11 do Hátila Passos, 10 do Marcos Cabot e 10 do Garrett.
E amanhã, tem mais em Cajazeiras no grupo da morte.

Na última bola: Guaros vence Estudiantes de Concordia na Sul-Americana de Basquete


Fotos do post: Marlon Ribeiro(a da torcida) e a própria nossa quando registramos de forma clássica o placar final.



Na última bola, assim Guaros de Lara x Estudiantes de Concordia decidiram a vida agora a pouco em Salvador no 75 a 73 com final dramático em um jogo de muita correria de ambos os lados. Deu Guaros de Lara na estreia da Liga Sul-Americana para ambos os lados.
E olha que o registro acima do Marlon Ribeiro lá em Cajazeiras foi que tinha torcida do Estudiantes de Concordia por lá e até se viu gente do Vitória torcendo por eles contra o Guaros(pra quem acha que por ser Argentino, estavam secando eles, o que se via de lá não era assim), até agradeço ao Marlon Ribeiro pelo o registro da foto.
Bem, falamos do jogo em que pesou um primeiro quarto todo a favor dos comandados de Fernando Duró. Duró que fará como Che García, treinará o Guaros nessa temporada no lugar do Guillermo Vecchio e treinará a seleção venezuelana como foi confirmado a uns dias bem atrás. José "Grillo" Vargas que voltou a equipe de Barquisimeto nesta temporada após estar na La Unión de Formosa, teve um aproveitamento altíssimo a ponto de carregar a equipe nas costas e o Estudiantes só teve uma melhoria no finalzinho do quarto, só 1 time jogou no primeiro quarto de jogo e ele era o Guaros de Lara. 24 a 13 no fim do primeiro quarto de jogo.
No segundo quarto de jogo, muita correria de ambos os lados, sem aquele jogo de pensar e somado a ele muitas infiltrações como por exemplo do lado do Verde de Concordia através de Rigoberto Mendoza e sem falar no Leandro Vildoza fazendo o aporte neste meio, tendo que se virar sem David Doblas que teve um corte que ficou grande parte do jogo fora dele, tendo até que botar o Domínguez na rotação que não é costumeiro ele entrar nos jogos do Super 20 da LNB Argentina. Até a vantagem chegou a baixar para 10 pontos, mas o domínio venezuelano era notável no bairro de Cajazeiras embora na chegada ao intervalo, 43 a 36 em favor do Guaros de Lara.
Na volta do intervalo, quem volta melhor é a equipe do Estudiantes de Concordia. Chega até a encostar para 1 ponto graças a Leandro Vildoza, Orresta e Mendoza mas o Guaros no fim do quarto teve principalmente com Guillent a permanência no resultado, embora o nível do jogo seguiu o mesmo: Menos defesa e muita correria de ambos os lados. 60 a 55 para o Guaros e tudo ficou resolvido para o último quarto.
No último quarto, o Estudiantes voltou a encurtar a vantagem principalmente quando chegou na reta final de jogo. E ficou o jogo de xadrez na partida, era os dois clubes se alternando no placar a ponto do Duda ter metido uma bola importante para o Guaros faltando 2 minutos e pouco, era o Mateo Bolívar(ex Argentino de Junín e San Martín de Corrientes) carregando a equipe argentina nas costas e tudo indo para o final de jogo. 73 a 70, posse do Estudiantes de Concordia e o Mateo Bolívar pega a bola e mete de 3 pontos para deixar tudo igual faltando 21 segundos deixando tudo igual a ponto do tempo pedido por Fernando Duró acontecer.
Última posse praticamente completa em favor do Guaros, ou é a vitória ou prorrogação em Cajazeiras, até que....Duda vai pra dentro e coloca ela lá atrás para que o armador de seleção venezuelana Heisler Guillent faz a bola na cabeça do garrafão e a vitória na estreia para a equipe venezuelana num final dramático: https://twitter.com/Ligamericas/status/920418736762318848(eis o lance da vitória, confira)
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Guaros teve 24 pontos do José "Grillo" Vargas, 15 do Echenique, 14 do Guillent e 11 do Duda Machado(sim, o ex Basquete Cearense, Flamengo....agora na equipe venezuelana). Já Estudiantes de Concordia teve 22 pontos do Rigoberto Mendoza, 13 do Mateo Bolívar, 11 do David Doblas e 10 para Buljan.

E saiu a tabela do futebol de Brasília em 2018

Foto: FFDF



Atenção, atenção.....ontem teve a clássica reunião(aquela que gostam de poeticamente chamar de Arbitral seja em Brasília ou em qualquer lugar) para definir destinos para o Campeonato Brasiliense 2018 que insistem chamar de Candangão, algo que já expliquei uma vez que não é bem assim.
O Slogan, o desenho para ilustrar o campeonato foi decidido ontem além da tabela feita e dos estádios a serem realizado as partidas.
Até o presente momento, nenhum dos estádios possuem laudos para receber as partidas em 2018 do futebol de Brasilia que começa dia 20 de Janeiro em seu campeonato local. Quero crer que todos possam a partir de agora ir atrás desta resolução e não negligenciar nesse tamanho, embora isso é antigo no futebol de Brasília a ponto de termos campeonatos com parte dele sem condições de torcida, quem é sério irá ficar de olho nessa velha novela. Aqui está a notícia feita pelo Sérgio Porto no site da Esportes Brasília: http://www.esportesbrasilia.com.br/noticias/futebol/policia-militar-confirma-que-nenhum-estadio-do-df-possui-laudos-e-imprensa-e-convidada-para-vistorias.html





AUGUSTINHO LIMA, JK E CAVE DE VOLTA AO FUTEBOL DE BRASÍLIA.....
Os 3 passando por reformas, 2 deles de volta após tempo inativo. Assim a vida do Augustinho Lima em Sobradinho que mandará jogos na sua casa de fato, já o JK no Paranoá que mandará jogos da Cobra Sucuri e o CAVE que será a casa do Real FC estão nas reformas finais e voltarão após muito tempo que eles não são usados, o que é uma boa notícia.
E o Mané Garrincha? Não será só usado para as finais não, será usado para o Brasiliense mandar seus jogos por lá. E o Serejão? Será usado pelo Bolamense.
O resto? Tudo na mesma: Gama e Santa Maria jogam no Bezerrão, Abadião sendo o palco do Ceilândia, Formosa jogando no Diogão, Frei Norberto sendo a casa do Paracatu, Rorizão sendo a casa do Samambaia e Luziânia jogando no Serra Do Lago.



MESMA FÓRMULA....
2 caem, passam as 8 primeiras e o cruzamento com jogo único nas quartas(primeiro contra oitavo, segundo contra o sétimo e assim por diante). Os ingressos podem ser cobrados até 50 reais, e o preço mínimo é 1 real.
Já no quesito Bid, quem for registrado nele não pode sair no campeonato.




TABELA DA PRIMEIRA RODADA
Lembrando que o clássico Brasiliense x Gama será encontrado na quinta rodada do campeonato no Mané Garrincha, assim se ocorrer no encontro numa quartas de final.
No resto, eis aqui a tabela inicial da primeira rodada:
Brasiliense x Real = Mané Garrincha
Gama x Bolamense = Bezerrão
Santa Maria x Luziânia = Bezerrão
Ceilândia x Paranoá = Abadião
Sobradinho x Formosa = Augustinho Lima
Paracatu x Samambaia = Frei Norberto

Observações, Opiniões e tudo mais nesta terça

As coisas no seu devido lugar, assim é o Blog do Igor, o blog da torcida e do esporte. Então, vamos ao post!
Sempre lembrando do Blog nas redes sociais:
Facebook: Facebook.com/blogdoigor05
Twitter: @blogdoigor05





-Começo propagando o Edu César que é super competente no que faz, é o Papo de Bola que deu aquela resumida no final de semana já que aqui não teve postagem de nada: http://www.papodebola.blog.br/24horas/20171016.htm e http://www.papodebola.blog.br/papodemidia/coluna/20171016.htm
-Em Tempo parte 1: Baixou o Maurício Assumpção no Alexandre Barros na comemoração após o 2 a 1 de domingo contra o São Paulo pela Copa Paulista, hein! A torcida lusitana não merece o presidente que tem e nem seus puxa-sacos que todos sabem quem é.
-Em Tempo parte 2: Ouvia o programa "Último Cuarto" da Rádio Sport 890 de Montevidéu e fico sabendo dos ocorridos no jogo da Liga Uruguaia de Basquete entre Bohemios-Hebraica(que teve vitória do Hebraica y Macabi por 80 a 78). Por isso que nada muda na Liga Uruguaia, até sobrou para jornalistas como ouvi no mesmo sábado. Alias o programa "Último Cuarto" ao lado do Basquetbol de Primera(na Rádio Espectador agora) são os programas mais clássicos ao lado agora do Puro Basquetbol da própria Sport 890 no rádio uruguaio em se tratando de informações sobre a realidade uruguaia.
-Em Tempo parte 3: Óbvio que repudiaria a jogada de cloro de alguns torcedores do Argentino de Junín no agora treinador Léo Gutierrez na sexta passada. Outra palhaçada que a LNB Argentina se passar sem punir e sem fazer nada(assim como a uruguaia acima) passarão de BANANAS dentro da história toda.
-Em Tempo 4: Feliz pela vaga da Argentina garantida, o que parecia complicado se tornou até mais simples até com 1 set vencido contra o Peru no Pré-Mundial de Vôlei. E o Brasília Vôlei? Derrota na Superliga e anúncio de uma morte esperada, afinal a realidade da equipe é bem diferente e pra pior nessa temporada, e como as coisas andam igual o desfecho do Uniceub Brasília.....sem falar que está tão largada as coisas que nem as redes sociais estão sendo atualizadas, dia 21 a estreia em casa contra o SESI que vem bem diferente da última temporada. Haja "oremos" nisso e a rodada da Superliga Feminina continuará nesta terça(e a Jaqueline é reforço em Barueri, com cara dela carregando o time nas costas....).
-Na Chapecoense, mudanças: A da vez além da chegada de Gilson Kleina que virá como bombeiro, a saída do vice de futebol Nei Maidana e dizem que ele não aceitou outro cargo e por isso não foi mais mantido no corpo diretivo da Chape. Por mais que acompanhamos certas coisas, ao contrário de outros.....não dá pra entender o rumo da trupe de Maninho e cia, e por favor: SEM MÉDIAS!
-Por mais que eu leia algo, ainda beira a estranheza a saída do Alex Bourgeios do CEO do Figueirense.
-Repescagem européia definida: Irlanda do Norte x Suíça, Itália x Suécia, Croácia x Grécia e Dinamarca x Irlanda. Assim se definiu agora a pouco todos os chaveamentos e querem palpite deste que vos fala? Suíça, Itália, Croácia e Dinamarca....as 4 na Copa da Rússia em 2018.
Já sobre Peru x Nova Zelândia, não é que em apenas 5 minutos se esgotou para o jogo na terra dos All Blacks(rugby), os 1100 lugares disponibilizados no estádio foram esgotados dessa maneira no lado peruano, pra ver o quanto a turma peruana acredita que chegará lá, desde 1982 não jogaram uma Copa do Mundo.
-No Futebol Argentino ontem, 2 jogos compuseram mais uma rodada: Huracán venceu em Bahía Blanca o Olimpo por 2 a 0 e o San Martín de San Juan venceu o Arsenal de Sarandí por 1 a 0. E na sexta, a rodada próxima começará na Superliga Argentina.
-Libertadores Feminina: Ontem o Colo Colo se classificou com o 5 a 2 feitos, já o representante Brasileiro que é o Corinthians/Audax está classificado e jogará para ser primeiro do seu grupo. O Esporte Interativo tem mostrado os jogos do representante Brasileiro.
-Esportes Americanos: Ontem a NFL teve o Monday Night em que o Tennessee Titans venceu por 36 a 22 o Indianapolis Colts. Já na NHL, teve jogo ontem e derrota do Detroit Red Wings por 3 a 2: https://www.nhl.com/scores
-Hoje: Série B e sua rodada cheia, Liga Sul-Americana de Basquete, Liga Uruguaia de Basquete, Liga Argentina e seu Super 20 que continua......não sei como será, mas tentaremos fazer a postagem nem que invada a madrugada, com a melhor logística possível.  Assim será!
-Teremos Champions League hoje e quarta-feira, confira a classificação dos grupos: https://twitter.com/Puntaje_Ideal/status/920044112513990661
-Mostrarei prévias de logo mais, sobre a Liga Argentina e da Liga Uruguaia. 2 jogos no Super 20 da LNB Argentina e 3 na Liga Uruguaia: http://www.basquetplus.com/articulo/se-destaca-boca-san-lorenzo-el-televisado-del-martes-en-el-s%C3%BAper-20 e http://www.basquetcaliente.com/2017/10/17/quinta-a-fondo-3/(enquanto alguns se interessam na NBA que também volta hoje.....assim rola os jogos). Já nas séries do Paulista, Mogi e Franca estão com 2 a 0 nas suas séries contra Paulistano e Bauru na melhor de 5 das semifinais e tem tudo para fechar a série nessa semana. Mogi venceu ontem, já Franca venceu as duas no final de semana.
-Destaque do Tênis: Após a vitória no final de semana que originou o primeiro título após o Doping flagrado, a Sharapova estreou em Moscou na WTA e perdeu para a Rybarikova por 2 sets a 0: https://www.youtube.com/watch?v=PT2bVMenCdo(vídeo com melhores momentos).
-20 anos de número 1 do Mundo: Assim Marcelo Ríos, o chileno que agora se aposentou a alguns anos quer comemorar a data fazendo uma exibição contra o Agassi assim como aconteceu em Miami em 1998 naquele 3 sets a 0: http://www.biobiochile.cl/noticias/deportes/tenis/2017/10/17/exhibicion-de-lujo-marcelo-rios-enfrentaria-a-agassi-para-celebrar-20-anos-de-su-numero-1.shtml







PRA FINALIZAR O POST, COISAS DA LIGA SUL-AMERICANA, É O GRUPO C QUE VAI ROLAR EM CAJAZEIRAS....
Pra quem está no horário de verão, adere 1 hora a mais. Algo que Salvador, Montevidéu, Concordia estão no mesmo horário. Começa tudo as 18:45(17:45 de Salvador) e depois as 9(8 da noite de Salvador) nesses 3 dias.
Hoje começa com Guaros de Lara x Estudiantes de Concordia e o Vitória sempre jogando na segunda hora em Cajazeiras, hoje o rubro-negro baiano pega o Malvín do Uruguai. Aqui até estão os elencos de cada um: https://twitter.com/fedetoral/status/920285385988636677
Penso que tudo pode acontecer dentro desse grupo, embora o Marreli em uma das entrevistas destaca até o momento de jogar no Poliesportivo de Cajazeiras em Salvador. O Vitória se jogar o basquete que dá pra jogar e até ando esperando de verdade durante a própria temporada pelos reforços feitos, pode dar alegrias a seu torcedor, to curioso de verdade.
Lá irão estrear um novo setor que terá cadeiras, algo que não tinha na temporada anterior, além de inverterem a posição dos bancos, porque a câmera seguirá a mesma que você está acostumado a ver nos jogos televisionados no NBB, só mudará os bancos(até percebi os bancos bem encostados a onde ficará o torcedor, terão que isolar alguma parte ali, para não dar futuros problemas, perante a foto que vi do novo formato feito). Alias, está tendo as trocas de 1kg de alimento pelo o jogo(arquibancadas), a comercialização desse novo setor de cadeiras feitas(custará 30 reais cada dia e 60 dia o combo dos 3 jogos) em Cajazeiras nas bilheterias e embora achei meio salgado o preço, é assim que anda tudo por lá. É hora do torcedor fazer a sua parte num grupo que será complicado, por mais que dá pra vencer equipes e é bom o Vitória classificar entre os dois, e não ir para a parte do terceiro lugar em que o saldo de +40 faz o Aguada se classificar por ter feito aquela vitória contra o Osorno Basquetbol com 50 pontos de frente.
Pergunta que você do outro lado quer saber: Como será o televisionamento das partidas? Para o quesito fora do Brasil, a verdadeira detentora é a Directv Sports(em que Carlos Altamirano e Pablo Viola não estarão in loco, estarão fazendo tubo nos estúdios) que transmite a competição já a alguns anos. Sobre o Sportv que passa os jogos para o Brasil, acontece que a mesma coerência de que passou até jogo do Flamengo no Sportv.com(pela internet) desta vez não acontecerá, os 3 canais disponíveis terão eventos no horário e o jogo contra o Malvín terá VT amanhã 9 da manhã, e os outros não tem garantia de transmissão do vulgo canal em que todo mundo é campeão, ou seja, aquela coerência de fazer isso quando ocorre dos 3 canais de TV estarem cheios, acaba indo para o saco e a turma do Vitória terá que procurar ao menos um link para acompanhar o jogo se não puder ir a Cajazeiras.
Sobre o quesito rádios: A Rádio Sociedade da Bahia transmitirá logo mais contra o Malvín na íntegra, até cheguei a falar que quarta seria na base dos flashes, só que vi a tabela do Brasileirão indicar que a dupla Ba-Vi jogará na quinta-feira(um as 7 e outro as 9 da noite) fazendo a quarta ficar livre, ou seja, o Vitória ao menos na rádio terá 2 jogos transmitidos na íntegra e sem flashes(hoje contra o Malvín e amanhã contra o Estudiantes de Concordia, ficando a quinta com Flashes durante a jornada do futebol que as rádios sempre priorizam aqui). Não sei de rádios venezuelanas, em Concordia na Argentina não sei porque não tem rádio por lá, já no Uruguai.....uma rádio que fará os jogos na íntegra até por ser partidária é a Rádio Hinchada Playera(Playero como é conhecido o Malvín), rádios como a Espectador, Universal, Sport 890 farão ao menos quarta, porque nos outros dias haverá o choque com a Liga Uruguaia de Basquete.
É bom refrescar no link, buscar onde precisa buscar e chegar junto da Liga Sul-Americana em solo baiano.

Santos 2 x 2 Vitória: Cobertura in Loco, Série A 2017 no blog


Vaias de um lado, lamentações a todo vapor do outro.....assim Santos x Vitória se encontraram na noite do Pacaembu. Não achava que tinha 15 mil e pouco, achava que tinha até bem menos por mais que tinha via perto do Pacaembu isolada de forma desnecessária, a cobertura do Blog do Igor in loco por lá aconteceu.
E as vaias de um lado foram justas, pois o Santos não conseguiu jogar futebol e de quebra tinha jogador que em um momento do jogo parecia de verdade que estavam piores do que gente sedentária que vai correr alguns pouquíssimos metros. E as lamentações a todo vapor do outro lado? Justas lamentações, porque de novo o Vitória quase venceu o jogo, merecia vencer a partida e olha que antes da postagem feita falava com algumas pessoas sobre o jogo, sem contar que via de forma simultânea o programa Esporte Por Esporte da Santa Cecília TV de Santos em que a mesa elogiava Mancini, a mesa botava o Vitória como quem merecia vencer o jogo e em simultâneo falavam do futebol bem jogado pelo rubro-negro baiano, agora será que custa ser compactado e organizado dentro do Barradão também?
Falando do jogo, tirando uma finalização do Jean Mota....os primeiros 18 minutos de jogo ao menos acontecia rigorosamente nada. Só que quem envolvia, me fazendo lembrar um Santos x Botafogo em que o Santos levava pressão e o Botafogo era melhor. E aos 22 minutos, surge o gol do Vitória quando na velocidade do contra-ataque, naquele pique que incentiva até você que não faz a um tempo voltar a praticar exercícios. Tréllez para Yago, de Yago para David que dribla Vanderlei e marca o 1 a 0 que fez o torcedor do Vitória no lado visitante do estádio vibrar e emudecer o estádio e se não é o Vanderlei....era ao menos 2 a 0 no primeiro tempo.
Mas com o passar do jogo, o jogo só caia de produção. O Santos jogava um futebol bem pobre e o gol acabou sendo achado aos 35 minutos, quando no toque de cabeça de Jean Mota, tudo igual no Pacaembu, 1 a 1 e ficou assim no primeiro tempo.
Na segunda etapa, uma segunda etapa movimentada. Primeiro Ricardo Oliveira perdendo gol quando cabeceou pra defesa do Caíque e a sobra caindo no pé dele que foi por cima em gol que não se pode perder. A resposta do Vitória veio quando Neílton recebe a bola do David que dava cada pique de causar inveja....a bola parou na trave.
Nem as mudanças do Serginho no lugar do Copete(que estava mal na noite, até o torcedor do Peixe estava numa bronca em que o colombiano saiu vaiado) e do Vecchio no lugar do Matheus Jesus(que estava mal) resolveram a vida para o Santos. Alias, se ninguém tem coragem, se ninguém tem saco roxo para falar algo, ao menos tenho pra falar isso: Faz quanto tempo que o Lucas Lima joga algo nada a ver com futebol? Futebol está mais sumido do que qualquer coisa no camisa 10 que não anda fazendo rigorosamente nada e hoje testou a paciência do torcedor santista no Pacaembu e com razão, pois FAZ MUITO TEMPO, nem lembro a última ao menos BOA atuação do camiseta 10 do Peixe, e se alguns ficam medrosos em falar, aqui não tenho nem pena e nem medo, o Lucas Lima não joga nada a muito tempo, está na famosa enganação sem contar que nem ele saber o que quer sobre seu destino no clube.
E o Vitória vira o jogo, Wallace no escanteio cobrado em que ele sobe lá em cima sobre a zaga santista e faz o lado visitante explodir de alegria no Pacaembu, 2 a 1, em vitória que não é surpresa. Até que minutinhos depois, gol contra do Ramon que foi tentar cortar e fez contra, 2 a 2 e fogo no jogo de vez. E o seu árbitro Bráulio? Nem no catarinense quis tanto aparecer mais do que o jogo, era algo chato e lamentável, pode não ter influenciado na partida só que esse lado de estrelismo era desnecessário. Vanderlei defendeu bola em 2 tempos, o Peixe respondeu com Serginho que até foi furar bicicleta e no fim um 2 a 2 que as vaias de um lado foram válidas e do outro a lamentação existiu em formas totalmente válidas.
No fim, Vitória quase fez a virada, o Santos parou na lentidão e até concordo com quem diz sobre a falta de elenco que existem as vezes no Peixe e o 2 a 2 final ficou desta forma na noite da Série A 2017 aqui no Blog do Igor. E não é só eu que digo que o Vitória merecia vencer, vários lugares, várias pessoas tiveram a mesma conclusão soberana.




PLACARES DA SÉRIE A NESTE FINAL DE SEMANA
Recapitulando a rodada assim ó:
Vasco 1 x 0 Botafogo
SP 2 x 1 Atlético PR
Fluminense 1 x 0 Avaí
Sport 1 x 1 Atlético MG
Chapecoense 0 x 1 Flamengo
Atlético GO 1 x 3 Palmeiras
Coritiba 0 x 1 Grêmio
Bahia 2 x 0 Corinthians




GALERIA DE FOTOS
A Galeria de fotos que te bota no meio do evento e sempre lembrando que em postagens como essas temos as fotos da publicação sendo fotos próprias de fato.
Imagens do jogo, o público que você tira a conclusão sobre os 15 mil que diziam ter no Pacaembu(lado do Peixe e o lado do Rubro-Negro baiano, o lado do Leão), hino nacional e aquele todo protocolo da CBF de forma desnecessária, registrei a turma demorando(acho que quer economizar energia) a ligar as luzes do Pacaembu, além de grande parte em volta da turma chegando.......no mais é bem isso, durante a semana tem mais e te convido a acompanhar o Blog do Igor(Facebook.com/blogdoigor05 e no @blogdoigor05 no twitter), viu! Fiquem com as fotos e com o post.




















sábado, 14 de outubro de 2017

Aguada vence Pinheiros na Liga Sul-Americana de Basquete

Foto: FIBA Américas



Démian Álvarez, o moço que roubou todas as cenas com a sua bola de 3 no fim que fez a vitória do Aguada acontecer, como fez lembrar em Sul-Americanas passadas para o torcedor uruguaio naquela cesta do Pablo Morales nas devidas proporções com a diferença de adversário ser ao invés do Pinheiros ser o Paschoalotto Bauru naquela oportunidade.
Um time que estava atrás o tempo todo, como na quinta contra o Quilmes e nesta sexta contra o Pinheiros também e teve o poder de reação que teve para fechar com a bola de 3 do Démian Álvarez. Já estava pronto com um texto questionando a falta de qualidade que volto a questionar sobre os representantes uruguaios e argentinos mesmo tendo dois deles classificados como no caso de Aguada e Quilmes(beira até a decepção tamanha.... e no grupo C não esperem muito de Malvín e Estudiantes de Concordia nesse quesito, não é tão diferente assim, parece uma realidade daquelas que bate nos dois lados, e nisso que os brasileiros podem aproveitar para chegar lá na briga por título mesmo que tenha que passar na bacia das almas). Você claro deve estar maluco para me corrigindo dizendo que o Aguada terminou em terceiro e que não pode se classificar, só que tem o aspecto que só uma epopéia no grupo C da semana que vem para fazer o Aguada não se classificar e muito disso se deu na vitória que botou saldo lá em cima sobre o Osorno(50 pontos de frente) para passar como melhor terceiro dos grupos A,B e C(Nessa o San Martín já está fora). Alias, relatos como esses deveriam ter rádios uruguaias(Alô Sport 890, Espectador, Universal, 1010 AM, Hinchada Aguatera....tá na hora de vocês usarem o lado de gravar a narração de cada um sobre o lance que deu a vitória e consecutivamente a classificação para o Aguada de forma até mais confortável, eis a minha nobre sugestão já que a narração do lance com o Carlos Altamirano e em inglês já tem e está rolando por ai) e isso só mostra o quanto existe dramasticidade, emoção nos outros esportes também.
Já o Pinheiros, classificou mesmo com a derrota como melhor no saldo e isso fez fechar em primeiro lugar do grupo que jogou mais que seus adversários e num desempenho que não se esperava tanto para quem está desfalcado do seu principal jogador como Desmond Holloway. A velha parte coletiva ajudando e com direito a nomes que vem queimando a língua deste blogueiro que vos fala e até nomes que tem ganhado elogios de quem entende da coisa. Dentre eles é Felipe Ruivo, o 4 pinheirense que é prata da casa, não tinha oportunidades tantas na temporada anterior mas nessa a aposta veio e fez uma primeira fase daquelas notáveis com direito a elogios de algumas pessoas. Uma delas foi Santiago Rodriguez que é narrador/ Comentarista na Rádio Sport 890 do Uruguai em que conversava mais cedo com ele pois ele queria mais informações sobre o Pinheiros e chegou no meio da conversa a falar que "Me gustó mucho Ruivo". Já o Carlos Altamirano quando perguntei para ele sobre o que achou do Pinheiros, veio a resposta e o elogio nesse meio a Felipe Ruivo, o Ruivo tem queimado minha língua(que não sou fã do basquete dele, e nem vejo tudo isso nele) e tem ganhado o elogio da galera entendida: https://twitter.com/altamirano45/status/918468455615131648
O primeiro tempo principalmente, já falando da partida teve uma espécie de replay do jogo Aguada x Quilmes de quinta-feira. O Pinheiros foi muito o time argentino nesse meio com relação a domínio de jogo, totalmente superior no jogo inteiro nessa parte dele e o Aguada começando mal da mesma maneira de quinta. Nisso além de Ruivo e Bennett comandando o jogo, no garrafão tinha um Ansaloni que até esteve fazendo outra boa primeira fase(há que elogiar isso também) e o avassalador 25 a 9 embora no fim o Aguada baixou a diferença, aconteceu e o quarto terminou em 27 a 14.
Vantagem que foi administrada no segundo quarto de jogo, até um certo ponto quando surgiu Démian Álvarez, surgiu o garrafão "Aguatero" que botou a vantagem que era de 17 para apenas 7 pontos e na batuta de Kyle Lamonte(o ex Uniceub Brasília, Peñarol e demais equipes da América do Sul), o Aguada encostou no marcador, mas com lances de Bennett(uma bola de 3 na última posse de bola do quarto) e sem falar no Ware que quebrou o galho e até atuou bem na noite da Avenida San Martín e o Pinheiros de César Guidetti ficou com 41 a 34 na ida para o intervalo.
Na volta do intervalo, outro replay parecido com o que se passou com Aguada-Quilmes. Ou seja, o Aguada tentando a recuperação e o adversário tentando manter o resultado. Só que o Pinheiros não conseguiu manter o resultado e ainda viu o Aguada no repeteco de quinta-feira quando Dwayne Curtis e Jeremis Smith puxando o carro da equipe de Fernando Cabrera e a vantagem que era grande, aos poucos caia por tabela. A sorte Pinheirense que ainda fazia a equipe respirar, vinha com Ruivo, vinha com Ware surgindo do banco e tendo bastante participação a ponto do Ansaloni nem ter entrado mais no jogo no último quarto. E nisso o Pinheiros voltou a ter 8 de distância, 56 a 44 antes dos últimos 10 minutos de jogo.
No último quarto, tudo parecia ficar na mesmice, até que surge a recuperação Aguatera que botou o seu torcedor no jogo e quando a torcida do Aguada entra no jogo seja no Palacio Peñarol ou seja no seu ginásio acanhado....as coisas dão uma mudada significativa. Surge Curtis, Smith, e Démian Álvarez para ajudar o Aguada e a vantagem em algum momento ficou em apenas 1 posse de diferença.
Reta final de jogo, era o Pinheiros fazendo bola de um lado e Aguada fazendo do outro na famosa troca de cestas que só favorecia o lado pinheirense. Até parecia que na bola do Ware que resultou num lance quando o Pinheiros estava perto de perder a posse pela a boa defesa do Aguada na jogada, bola de 3 que liquidaria o jogo, mas o Démian Álvarez teve falta e 3 lances livres para fazer e só fez 2 deles. No fim, 77 a 75 e 5 segundos de posse que Fernando Cabrera, treinador do Aguada tinha que resolver e armar. Ou era prorrogação ou era vitória e eis que a bola é passada para Démian Álvarez que fintou o Marcus Vinícius Toledo e arremessou para 3.......vitória do Aguada, narrações seja do rádio uruguaio, da Directv e demais para o lance e a torcida do Aguada explodiu de vez. Cesta da classificação, a não ser que uma epopéia aconteça no grupo C em que até falam que um empate triplo passa o terceiro do grupo C.
Deu Aguada em um jogo bom, em final dramático e ao Pinheiros nem dá pra baixar a cabeça, pois fez uma fase inicial de competição muito boa e se virando sem o Holloway, o que não é muita coisa e longe de olhar resultados, pois quando teve que ir bem contra Quilmes e Aguada, se virou legal.
Cestinhas/ Maximos Puntuadores: Aguada teve 22 pontos do Jeremis Smith, 17 do Démian Álvarez, 16 do Curtis, 11 do Kyle Lamonte e 10 do Diego García. Já o Pinheiros teve 18 pontos do Bennett(que se escreve assim, a turma da FIBA precisa corrigir os caracteres), 15 do Ansaloni, 14 do Toledo, 13 do Ware e 12 do Ruivo.

E vou finalizar mostrando como foi a narração do lance do Démian Álvarez com o Carlos Altamirano e com a imagem de quem flagrou o lance ao vivo: https://twitter.com/LeandroMayo14/status/919019409401892864(Carlos Altamirano na narração pela Directv Sports) e https://twitter.com/dobleyfalta_uy/status/919019377298636800(A ao vivo com a torcida explodindo no fim). E deu Aguada sobre o Pinheiros.

No Super 20 da LNB Argentina, La Unión vence Estudiantes em plena Concordia

Foto: Estudiantes de Concordia/ Site Oficial




Super 20 da LNB Argentina e no único que o Blog viu, escolheu até de forma estratégica pois o torcedor do Vitória, aquela pessoa que deve acompanhar o Vitória jogar no Poliesportivo de Cajazeiras em Salvador a partir de terça-feira se não viu nas outras oportunidades, tentou estudar e saber ao menos como vem as equipes do grupo e uma delas em que até o streaming sempre foi disponível foi o Estudiantes de Concordia. Alias, deixo claro que na parte feita de informações e de propagação de informações é o papel também a ser feito, pois pessoas bem informadas e bem conhecedoras acabam não dando espaço para besteiras que são sempre coladas ainda mais quando o assunto se chama outros esportes nesse meio.
É do 81 a 73 que deu La Unión de Formosa vencendo em Concordia a equipe do Estudiantes de Concordia. Estudiantes que fez seu último jogo nesta primeira fase de Super 20 da LNB Argentina(consecutivamente o último antes da viagem) esperando apenas a posição que ficará, e além disso já nesse sábado fará a saga rumo a Salvador para estrear na terça contra o Guaros de Lara. Já a La Unión de Formosa segue firme e forte dentro da Liga Argentina com jogos a realizar nesse Super 20 de primeira fase.
Falamos do jogo enfim, primeiro quarto de alto equilíbrio e os dois estavam iguais até no quesito serem erráticos. No fim do quarto, 19 a 17 para La Unión que mesmo tendo aproveitamento melhor nas bolas de fora, se viu em placar totalmente equilibrado com um jogo longe de ser bom.
No segundo quarto, isso seguiu na mesma e ainda para piorar no lado dos comandados de Lucas Victoriano, perderam por 2 faltas técnicas David Doblas, o pivô e o que isso causou de problema e chiadeira até da torcida com a arbitragem......era notável. E a vantagem mesmo assim era pequena para La Unión muito graças a Konzstadt comandando o lado "Formoseño" e nisso um 36 a 33 na chegada ao intervalo de jogo estando a frente.
Na volta de intervalo, o Estudiantes de Concordia mudou a postura, foi mais intenso, mais incisivo e até virou o marcador tendo em vista um Mateo Bolívar e um Sebastián Orresta querendo jogo e sendo agressivos no quesito ataque ao garrafão e sem contar naquele lance do 1 contra 1 que o Rigoberto Mendoza gosta de fazer(e nisso o Vitória precisa se cuidar, embora o Dawkins também faz igual), chegou nessa brincadeira toda a abrir 7 pontos de frente, mas os comandados de Leandro Ramella(La Unión) simplesmente reagiram no jogo e muito graças a Anthony Young e a Jonathan Maldonado aparecendo bastante e nisso, o time de Formosa voltou a ficar na frente antes do último quarto, 55 a 54.
No último quarto então, bolas perdidas, erros em momentos que não poderiam acontecer e isso custa caro no jogo. Assim o Estudiantes que estava com o jogo ali, acaba cometendo e nisso a La Unión é eficiente para liquidar a fatura no fim seja numa bola de segurança ou em alguma outra jogada para chegar a vitória mesmo jogando fora.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: La Unión de Formosa teve 26 pontos do Anthony Young, 14 do Jonathan Maldonado e 13 do Federico Marín. Já o Estudiantes("El Verde") teve 14 pontos do Sebastián Orresta, 11 do Anthony Smith, 11 do Mateo Bolívar e 10 do David Doblas.



O QUE ROLOU NA NOITE DA LNB ARGENTINA E O QUE TEREMOS NO SÁBADO?
Na noite da Liga Argentina em seu Super 20, mais 3 partidas rolaram na noite e as 3 até começaram as 9 da noite. Alias, quero destacar que com o horário de verão chegando no domingo, as pessoas que foram assistir os jogos terão 1 hora de diferença com relação ao horário argentino, ou seja se na Argentina o jogo começa 9 e meia, aqui no Brasil é 10 e meia que começa e assim consecutivamente.
Os 3 jogos foram assim de placares: Obras 84 x 88 San Lorenzo, Argentino de Junín 79 x 65 Peñarol e Instituto 93 x 76 Olímpico(que lavada aliás). Já neste sábado o Super 20 da LNB Argentina continua com 2 jogos: O Clássico de Corrientes entre San Martín x Regatas no Fortín Rojinegro e Ferro x Boca no Héctor Etchart, dois bons jogos alias.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Série B 2017 nesta sexta

Vamos aos 3 jogos da noite!



PAYSANDU 0 X 0 CRB
Jogo na Curuzu e empate sem gols que honestamente fico sem opinião formada para saber quem fica satisfeito com um empate assim. O que sabemos por exemplo, foi que a primeira etapa foi doída de ver, doeu os olhos e qualquer parte do corpo de tão ruim que foi.
Já na segunda etapa, as duas equipes abusaram da falta de pontaria quando tiveram oportunidades em um jogo que até deu uma melhoradinha. Caion e Bérgson tiveram as melhores chances do lado do Papão em que Edson Kolln apareceu para fechar o gol, já Danilo Pires num chutão e Neto Baiano num cara a cara que não costuma perder fizeram as chances do lado regatiano para terminar num 0 a 0.



PARANÁ 2 X 1 CRICIÚMA
Nesta série B vimos poucos jogos nos quais se enchem os olhos ou que cravamos o famoso relato com detalhes.
Dentre eles, Paraná x Criciúma com um público daqueles na Vila Capanema e com vitória paranista a puro modo mostrando quem está merecendo subir para a série A após anos e anos de espera, é um fato super verdadeiro que o Paraná tem jogado mais futebol e tem tido um baita momento que encaminha para subir enquanto o Criciúma segue na mesma, jogando mal, e pode empatar, ganhar e perder que a atuação segue a mesma.
Jogo que começou com o Criciúma em cima e conseguindo o seu gol na falta batida por Alex Maranhão, 1 a 0 para o Tigre na Vila Capanema. Depois disso, pressão paranista com o Luiz fazendo milagre, com o zagueiro salvando bola em cima da linha e sendo que antes o Diego Giaretta foi carimbar a trave no lado do Criciúma. Mas aos 16 veio o empate num escanteio que Luiz sai mal do gol e Iago Maidana desvia para marcar assim como fez contra o Internacional deixando tudo igual em Curitiba, 1 a 1 e olha que nesse meio, perdeu mais chances e o Criciúma também respondeu com oportunidades feitas, num dos melhores jogos podemos dizer desta série B e ainda dando tempo do Luiz ser expulso de campo botando o Criciúma com 1 a menos no resto do jogo.
Na segunda etapa, o Paraná se aproveitou de estar com 1 a mais em campo para produzir algo a mais e teve pênalti que foi bem marcado mas foi mal anulado depois naqueles mesmos assuntos se teve interferência ou não. Só que o árbitro minutos depois consegue levar a lei da compensação e marca uma falta que foi exagerada sobre o Alemão, falta essa que veio o gol do Paraná numa baita falta batida com João Pedro e vale destacar a ótima narração do Edílson de Souza na CBN Curitiba, sem mais.
Depois da virada paranista, doses de emoção na Vila Capanema e Criciúma tentando de tudo para empatar o jogo mas no fim vitória paranista e o alívio no fim de jogo. Paraná que irá renovar com alguns jogadores, como o goleiro Richard e Guilherme Biteco pensando numa possível série A do ano que vem que está ficando na realidade a cada rodada.




JUVENTUDE 0 X 2 LONDRINA
Ê Gilmar Dal Pozzo......gritos de "adeus Gilmar" no fim de jogo, e a batata segue assando para quem já foi um dia treinador da Chapecoense(alias batata assando porque o mesmo tem cavado a sua sepultura, como botar jogador que vive preso na área para jogar de lado por exemplo?). A vitória do Londrina foi incontestável e de muita superioridade em meio ao frio+chuva no Jaconi.
Juventude que deu a bola para o Londrina desde o começo, e produziu muito pouco durante todo o jogo.
O Gol do Tubarão, após tanto insistir foi aos 31 minutos quando Ayrton cruza da esquerda, o atacante Carlos Henrique só ajeita para Germano, sozinho, na pequena área desviar para o gol vindo como elemento surpresa no lance e o placar é aberto para os comandados de Cláudio Tencati, 1 a 0.
Tirando as chances do Tinga, do Yago....o Juventude e sua pouca produção que nem as alterações demoradas resolveu o problema. Ainda viu de quebra na segunda etapa o Londrina já merecer o segundo gol, segundo gol esse que chegou com Safira dominando e batendo cruzado para dar números finais.

Argentina estreia com vitória, vence Colômbia no Pré-Mundial no Peru

Foto: Federación Peruana de Voley(Federação Peruana de Vôlei, a FPV)




Olha.....em um Pré-Mundial Feminino mais complicados dos últimos anos para as vagas ao Mundial de Vôlei por ter gente brigando por poucas vagas, a Argentina dá um pontapé daqueles bons e supera a Colômbia por 3 sets a 0. Colômbia dirigida por Rizzola(treinador brasileiro que já treinou várias equipes na Superliga de outros anos) e a Argentina enfim pode contar com a Yas Nizetich e com a Mimi Sosa, equipe completa e a vida melhora nos lados das comandadas do Guillermo Orduna.
No primeiro set, muito equilíbrio em grande parte do set até chegar na reta final em que apareceu o bloqueio sem falar na Nizetich e na aparição da Lucía Fresco para fechar bem o set e ficar no 25 a 21 para abrir 1 set a 0 no jogo(https://twitter.com/juegargentina/status/918973498072190976 a bola do primeiro set fechando ele no bloqueio)
No segundo set, a partida foi mais confortável em que apareceu a bola jogada no conjunto argentino como a Mimi Sosa, Nizetich, Rodríguez, Fresco, Lazcano e sem falar no todo sistema defensivo em aguentar rally´s longos contra as colombianas. Vantagem aberta, só segurar para fechar com 25 a 19 e abrir 2 sets a 0 no jogo.
No terceiro e último set do jogo, o mesmo replay do primeiro set. Equilíbrio até chegar a reta final de jogo em que voltou o bloqueio argentino e a Nizetich funcionar no jogo para a estreia com vitória da Las Panteras que amanhã enfrentam o Uruguai e domingo enfrentam o Peru(Peru treinado por Luizomar de Moura), amanhã deve ser jogo mais tranquilo e domingo a pauleira daquelas para a briga da vaga ao Mundial. Assim a vida da Las Panteras em Arequipa, no Peru.



ENQUANTO ISSO, NO MOMENTO DO POST....
Barueri fez 3 sets a 2 sobre o Vôlei Nestlé Osasco e deixou tudo igual na final do Paulista Feminino que está sendo resolvido no Golden Set e o Sesc Rio joga a final da Supercopa Feminina daqui a pouco.

Quilmes vence fácil Osorno e está na próxima fase da Liga Sul-Americana de Basquete

Foto: Club Quilmes(@clubquilmesmdp no twitter)



Seja como primeiro, seja como segundo......o que vale é a classificação e a vitória por 101 a 78 do Quilmes sobre o Osorno Basquetbol para fechar a primeira fase e se classificar por mais que daqui a pouco tenhamos o jogo Aguada-Pinheiros que define posições e até com Aguada perdendo pode ter a vantagem no saldo para se classificar como o melhor terceiro, algo que o Blog viveu frisando por aqui sobre todas essas vantagens.
Olha que essa facilidade Cervecera passou durante a partida inteira. O Osorno teve apenas 2 momentos que tinha aproveitando uma espécie de relaxamento para encostar no quesito vantagem, mas a equipe chilena foi inofensiva durante o jogo inteiro e até jogadores como Rodrigo Muñoz e Pablo Coro apareceram, nem tudo foi só os estrangeiros de costume apesar do Giano nem ter jogado no lado chileno e olha que já ouvi time querendo o Summers por aqui, algo que estão perdendo o clássico tempo e o dinheiro jogado bem fora.
Tirando apenas em 2 momentos que o Quilmes meio que relaxou, o restante do jogo foi todo a favor do Quilmes, mantendo uma mínima vantagem ao menos e com a artilharia toda pesada: Eric Flor, Enzo Ruiz, até Ricky Sánchez e Sansimoni tiveram papeis importantes dentro da vitória dos comandados de Javier Bianchelli para passar de fase.
35 a 19 no fim do primeiro quarto, na ida para o intervalo com direito a tremendo giro de Eric Flor contra a marcação foi o placar em 59 a 41 e no terceiro quarto a vantagem só dobrou no 83 a 53 em que o último quarto só serviu para protocolo além de tempos de quadra para o Provezano, para o Reimundo e demais opções no banco "Cervecero".
Resta falar os Cestinhas de cada lado(Maximos Puntuadores): Quilmes teve 22 pontos do Enzo Ruiz, 21 do Eric Flor, 15 do Ricky Sánchez e 10 do Sansimoni. Já o Osorno Basquetbol teve 23 pontos do Summers, 20 do Taylor, 17 do Coro e 11 do Rodrigo Muñoz.

O Blog do Igor entrevista......

Começo dessa semana e enfim algo que já estava na cabeça desse espaço com relação a algo que tem a ver com o esporte de Brasília.
O Cerrado Basquete é o assunto da vez, em que nessa semana através de uma conversa conseguimos falar com o dono do projeto.
Dimitri Rodrigues é paraense, ex jogador de basquete inclusive em equipes do Norte e Nordeste do país. Vive em Brasília a 13 anos, casado, pai de dois filhos, Pedro e Sofia, de 8 e 7 anos de idade respectivamente.  Se formou como pessoa e como profissional, pelo basquete. É funcionário da Eletrobras Eletronorte, estando atualmente como gerente da Infraestrutura de TI da empresa, assim se apresentou no começo da conversa o dono do projeto do Cerrado Basquete em que vários pontos foram tocados durante a própria conversa que pra alguns é bate-papo, entrevista....nomenclatura que você do outro lado pode definir como quiser.
Vamos a esses pontos de uma conversa que abordou coisas como o projeto e até do atual momento do basquete brasileiro, sem contar que pretende algumas coisas e que concorda com o quesito "falar menos e agir mais":




MANEIRAS QUE O PROJETO TEM E PRETENDE PARA ASSEGURAR DE FORMA PLANEJADA A DISPUTA DA LIGA OURO(ATÉ CHEGO A CITAR O CASO DO SANTOS DO AMAPÁ QUE POR FALTA DE DINHEIRO NÃO CONSEGUIU DISPUTAR ATÉ O FINAL).........

Dimitri Rodrigues: "A maneira que o Cerrado Basquete pretende disputar a Liga Ouro é através de patrocínios de empresas e parcerias. 
Já mantivemos contato com alguns patrocinadores regionais, e estamos confiantes que dará certo.
A premissa do nosso projeto sempre foi fazer as coisas dentro da sua possibilidade, isto é, só participaremos da competição se conseguirmos viabilidade financeira garantida, caso contrário, não participaremos.
Buscaremos apoio da Secretaria de Esporte do Distrito Federal para a infraestrutura local dos jogos que faremos aqui. Mas o projeto do Cerrado Basquete não se resume a Liga Ouro, que com certeza é algo que nos trás mais visibilidade no momento.
Ontem(entenda-se domingo, já que esse papo foi na Segunda-Feira) nos sagramos campeões do adulto feminino, estamos construindo nosso centro de treinamento em parceria com o clube da Aseel, onde ali trabalharemos com nossas categorias de base, já no início do ano.
Também ainda neste mês de outubro inauguraremos o nosso primeiro Núcleo de Formação Social na região administrativa de São Sebastião-DF.
onde ali já reformamos uma quadra pública e disponibilizaremos a comunidade o ensino do basquetebol."





GINÁSIOS.....
Perguntei para ele sobre o quesito ginásios, citei ginásios como Nilson Nelson, ASCEB e Setor Militar em Brasília e perguntei sobre como que eles seriam usados no projeto. O Dimitri respondeu que além de treinar no ginásio também jogará lá no Ginásio da IESPLAN que fica na 907 Sul em Brasília.(Me perguntou se eu conhecia e disse que passei por perto algumas vezes, antes de dizer que tinha visto que nele é que manda seus jogos).
Questionei ele falando da capacidade que talvez pode ser que a Liga não aceite e o dono do projeto me disse que o ginásio da IESPLAN está encaixado no que pede a Liga, ou seja  ela exige na Liga Ouro um ginásio para 600 pessoas, e lá cabem 1.200, algo que até é aproximado a capacidade do ginásio da ASCEB.




UM ASSUNTO ANTIGO CHAMADO GINÁSIO CLÁUDIO COUTINHO.....
Surgiu no momento da conversa, da coletiva sobre o verdadeiro sonho do dono do Cerrado Basquete, e o sonho dele é reforma do ginásio Cláudio Coutinho, abrirei as aspas para esse momento:
Dimitri Rodrigues: "Meu sonho é quem sabe poder, através de uma PPP, reformar o Cláudio Coutinho e ali fazer a "casa" do Cerrado Basquete"
Blog do Igor: "Alias, reforma do Cláudio Coutinho que é assunto bem antigo no esporte local"
Dimitri Rodrigues: "É assim que estou fazendo na Aseel onde teremos um contrato de 10 anos para exploração após a nossa reforma."
Blog do Igor: "Contrato esse feito visando a parte estrutural que tem alguma relação com a manutenção do projeto em anos?"
Dimitri Rodrigues: "Pois é...acho que precisa de alguém que queira realmente fazer e algumas ajudas também, mas eu creio que é possível sim, entregarmos para a população o Cláudio Coutinho, você não acha?
Com certeza, estamos construindo o projeto Cerrado Basquete para ele ser um projeto das pessoas que "fazem" e que amam o basquete de Brasília."
Blog do Igor: "Sim, o que precisa ser feito tem que ser cumprido. O último projeto até pensou em fazer isso, mas ficou só na promessa"
Dimitri Rodrigues: "Vou atrás disso....tenhas certeza, Várias pessoas do basquete de Brasília se darão as mãos neste projeto do Cerrado Basquete."




DO PROJETO DO UNICEUB/UNIVERSO BRASÍLIA ALGUÉM SERÁ APROVEITADO?
Dimitri respondeu, aspas para ele:
"Atualmente todos os meninos que estavam no Ceub estão conosco. Paulo Lourenço, Iago, Vitor Silveira e Jonny"
OBS: Paulo Lourenço que nessa semana foi digno de confusão que o clube esclareceu nas redes sociais que houve uma confusão de jogadores que o Caxias contratou para o NBB e não foi o Paulo a ser contratado, segundo eles, teve a confusão com o Pedro Mendonça(que já foi do projeto do Uniceub Brasília).



NÚCLEO DE FORMAÇÃO ATRAVÉS DE COMUNIDADES?
Foi o que o dono do Cerrado Basquete durante a entrevista o citou, aspas para o trecho que fala-se sobre isso:
Dimitri Rodrigues: "E o que mais me empolga é também fixar suas raízes nas comunidades do DF, nas cidades satélites através do nosso núcleo de formação, isto sim, será uma grande transformação."
Blog do Igor: "E essas raízes nas comunidades do DF passam por exibir jogos futuros nos lugares como futura preparação de temporada além claro da parte da base e de todo o projeto composto?"
Dimitri Rodrigues: "Certamente sim... ideia é que possamos jogar até nas cidades do entorno também, levando o basquete a estas comunidades. Já mantive um contato, por exemplo, com um representante da secretaria de esporte de Luziânia."

Até Ressaltei nessa parte o fato em que o campeonato local não é forte o suficiente para uma futura preparação e concordei com a importância disso, aspas para o Blog:
Blog do Igor: "Até para futuramente atrair equipes do nosso basquete e até de fora(falo América do Sul) é bem importante isso, acredito.
até pela falta de campeonatos pois o DF tem o campeonato local, mas não tem tanta força perante a uma preparação e a aproximação do torcedor a equipe"
Dimitri Rodrigues: "Com certeza...também acredito nisso. A intenção é que tornemos o nosso projeto sustentável e a cada ano menos dependente de patrocínio de empresas públicas. "




SÓCIO TORCEDOR, FORMAS DE ATRAIR O PÚBLICO
Dimitri foi bem claro ao informar as formas de tentar atrair o torcedor para o projeto. Veja as aspas do Blog e as aspas dele sobre essa parte:

Dimitri Rodrigues: "Teremos algumas iniciativas neste sentido como escolinhas de basquete, organização de torneios e treinamentos específicos, a exploração da marca "Cerrado" em roupas esportivas, projeto do Sócio Torcedor, etc..."
Blog do Igor: "Só lembrando que o projeto Sócio Torcedor no país andou dando certo em Franca que é conhecida como a Capital do Basquete e tem tradição na modalidade."(Confesso que esqueci de mostrar os lados que não vingaram como Limeira e Sorocaba por exemplo)
Dimitri Rodrigues: "E para alcançarmos esta sustentabilidade, temos que ir onde as pessoas estejam, nas comunidades, nas regiões administrativas, no entorno, etc...as pessoas tem que identificar o projeto como seu, como um legítimo representante de Brasília e da região...isso é o que buscamos"
Blog do Igor: "E com preços compatíveis seja no ingresso, no quesito sócio torcedor para que o torcedor se atraia pelo o projeto"
Dimitri Rodrigues: "Não só o preço do ingresso, mas locais diferenciados no ginásio, com mesas de salgados e sucos, etc...algo que realmente faça valer a pena e não só colocar a pessoa para pagar...Tudo isso parece um sonho?"
Blog do Igor: "Sim, parece, ainda mais numa cidade como Brasília que sabemos como as coisas são bem difíceis. Não é tão simples nem de arranjar um patrocínio, o que dirá o resto, mas é passo a ser dado e cumprindo eles com mais atitude do que falatório e claro algo que muitos cobram é a transparência no que é feito.....e isso não subir a cabeça quando o projeto tiver bem consolidado disputando um NBB e brigando por competições FIBA como Liga das Américas e Sul-Americana."
Dimitri Rodrigues: "Você falou tudo...menos falatório e mais ação. Tenho me dedicado a isso e por enquanto tenho fé e força para ir atrás disso tudo o que escrevi a você.
Outra coisa...eu me formei pelo basquete, o basquete me moldou como cidadão, como homem e me oportunizou estudo. Hoje me dedico a retribuir tudo o que um dia eu tive."




A IMPRENSA E SEU PAPEL....
Nesse momento da fala, da conversa. Pude questionar algo que ocorria até no outro projeto, ou seja, que a imprensa principalmente local não era baseado apenas em 30 segundos de reportagem no principal programa esportivo que dá a meu ver menos atenção. Veja a resposta:

Blog do Igor:"...e também saber que a imprensa ainda mais local, não se resume apenas a 30 segundos de aparição no Globo Esporte Local e isso ser achado como o suficiente."
Dimitri Rodrigues: "Sei da importância de cada mídia e cada atenção que damos a quem se interessa em conhecer um pouco mais do nosso projeto, por isso estou te escrevendo tudo isso.
É claro que a grande mídia é importante, mas a solidez não vem daí.
Eu procuro atender todo mundo da melhor maneira possível, responder os comentários, mensagens, etc...nossa força virá daí.
A pouco mais de 1 ano atrás estávamos treinando na quadra de cimento no parque da cidade, hoje já estamos em um patamar muito superior, já conquistamos muita coisa, principalmente o respeito da comunidade esportiva do basquete."

Outra do Dimitri nesse meio foi essa frase: "estes sabem distinguir facilmente cada pessoa, cada projeto...não é o que você fala nas câmeras que vale e sim o que você é, qual a consistência do projeto, etc."


REPRESENTATIVIDADE DE EQUIPES E SE TEVE ALGO DE ERRADO NO PROJETO ANTERIOR.....
Além do comentário que pude fazer para ele esperando que tenhamos equipes de Brasília e que quanto mais melhor, pude perguntar sobre se na maneira dele de pensar sobre o que teve de errado no projeto anterior. Sempre lembrando que o projeto do Cerrado Basquete não é continuação do outro projeto, é outro projeto.
Aspas para os dois lados:
Blog do Igor:"Também quero a volta das equipes representando o basquete de Brasília e quanto mais equipes melhor para a nossa cidade."
Dimitri Rodrigues: "Nós sempre trabalhamos em poder ter uma outra equipe do DF no NBB, infelizmente ocorreu este problema com o time de Brasília, mas entendo que Brasília tem espaço para duas equipes no NBB."
Sinceramente eu não tenho dados para fazer qualquer tipo de julgamento do projeto anterior, entendo que tiveram grandes virtudes, colocaram Brasília no cenário nacional e internacional do Basquete.
mas não acompanhei os detalhes para tentar identificar os erros. Acho que o nosso projeto vem materializando algumas demandas da comunidade do basquete local."





DEMANDAS LOCAIS....
Perguntado sobre isso, Dimitri respondeu e além dos questionamentos a serem feitos aqui:
Dimitri Rodrigues: "Acho que as principais é um espaço para os atletas da cidade, que o menino que saia da base e seja um talento saiba que terá oportunidade em um time da sua cidade e que esteja na elite do basquetebol nacional; a outra é uma relação maior com a comunidade."
Blog do Igor: "Sim, só que sem queimar etapas...."
Dimitri Rodrigues: "Não entendo o que queres dizer "sem queimar etapas"...
Isso são premissas do nosso projeto, e que identificamos ser uma demanda da comunidade do basquetebol de Brasília , Não consegui compreender sua colocação..."
Blog do Igor: "Explico: O Investimento na base e nessas demandas precisa ser feito, e sem precipitações para lá na frente não ser essa consequência de um passo mal dado lá atrás.
é o garoto e a garota ser bem lapidado, saber o momento que ele pode fazer por merecer a chance, essas coisas. Coisas essas que viram discussão em outros esportes e no basquete não é diferente."
Dimitri Rodrigues: "Com certeza, mas hoje já temos alguns excelentes trabalhos na cidade.
você conhece o trabalho do Ricardo na Lance Livre?É um grande formador, já descobriu e lapidou vários talentos. Semana passada foram campeões dos jogos escolares brasileiro. estas pessoas também estarão atuando no projeto do Cerrado Basquete"




BASQUETE FEMININO.....
Cerrado Basquete que não é só a tentativa de disputar a Liga Ouro, não é só esse lado de projetos que atendem demandas locais, algo que beirava a reclamação do outro projeto. Perguntei sobre o Basquete Feminino, se o sonho é disputar a futura Liga Feminina de Basquete(algo que pra quem não sabe mais recente a uns aninhos atrás o Vizinhança jogando a competição).
Aspas para ele nessa parte....

Blog do Igor: "Sobre o basquete feminino, o sonho do futuro projeto é disputar a Liga Feminina Nacional?"
Dimitri Rodrigues: "No basquete feminino, nosso sonho mais palpável é trabalhar na base, que hoje considero ser bem deficitária. Quem sabe daqui a dois ou três anos jogar uma liga nacional também."





A FASE ATUAL DO BASQUETE NO BRASIL.....
Não podia deixar de tocar no famoso assunto, em que vimos gente se esquivando dele. A fase atual em meio a LNB, a CBB e a demais....também foi assunto na conversa:
Blog do Igor: "Como você essa nova fase do basquete brasileiro de forma geral? Fase essa que está tendo as mudanças na CBB, que a LNB está tentando algo....coisas a arrumar? Tá tudo bem no nosso basquete? Pergunto isso, porque acredite, existem pessoas que acha que está tudo a mil maravilhas......e que tudo está crescendo."
Dimitri Rodrigues: "Nada bem, né ? kkkk Equipes fora do mundial....
Sinceramente, eu não vejo crescimento, Vejo sim um momento muito difícil para o basquete no Brasil. Junte-se a isso esta crise do nosso país.
Como posso achar que as coisas estão melhorando se o time de Brasília, grande campeão do NBB, nem conseguiu participar da competição, como posso achar que está melhorando se nossas equipes masculina e feminina fizeram aquele vexame...
Vou te falar uma coisa aqui bem particular e que demonstra como estamos perdidos...pois entendo que é nas pequenas coisas que se fazem as grades...a pouco mais de 1 mês soube que estavam abertas as inscrições para o bolsa atleta no ministério dos esportes. Uma bolsa de 920 reais, fiquei feliz, pensei..poxa agora vou falar para todos os nossos atletas para se inscreverem, até porque disputamos a Supercopa Brasil este ano e jogaremos uma competição nacional no próximo ano. Para minha surpresa, não estava disponível para os nossos atletas. Só tinha uma opção. Quem jogou o último NBB.
Daí procurei no site e encontrei que estava sendo contemplado atualmente e fiquei bobo.
Guilherme Giovannoni, Alex, Marcelinho, Rafael Hettsheimeir (que nem mais estava atuando no Brasil), e outros....
E daí eu te pergunto...é justo? Uma bolsa de 920,00 reais para os nossos atletas fariam uma enorme diferença"
Blog do Igor: "É, uma bolsa de 920 reais, atualmente está como se fosse salário mínimo em que a pessoa não tem conseguido nem fazer compras direito para se sustentar. Sim, nem adianta comparar a situação deles que estão com a vida praticamente ganha de quem ainda está galgando algo.
Só não se pode nivelar por baixo nesse quesito de bolsa, não achar que só a bolsa irá resolver tudo....como se fosse algo assistencialista"
Dimitri Rodrigues: "E é assistencialista pra eles?
Que se faça assistência ao atleta que precisa para ele poder ter um mínimo para se desenvolver, com tempo delimitado e acompanhamento
com tempo determinado e acompanhamento de resultados."
Blog do Igor: "Explico: Vejo que no começo, tem que ter sim esse dinheiro dado através de bolsas, assistência que é importante mas depois com o passar do tempo e até dependendo do andamento de carreira, a pessoa chegará ao ponto de não depender mais disso. Acho que concordamos nisso."
Dimitri Rodrigues: "Com certeza...e até que seja feito uma avaliação de rendimento, não conseguiu acompanhar, concede a bolsa pra outro.
mas isso é só um pequeno item...mais uma barreira que temos que superar."(Nessa parte concordamos na hora)
Dimitri Rodrigues: "Igor, os amantes do basquete tem uma grande luta pela frente, que é de tentar reerguer o nosso esporte.
Vi com bons olhos a troca de comando da CBB, mas só isso não é suficiente, precisamos de mais, não basta trocar, esta mudança tem que trazer resultados melhores, mais palpáveis.
Talvez abrir um diálogo maior com quem está tentando construir algo, etc."





E O BLOG DEIXA CLARO....
Ficará de olho em tudo, enquanto esse espaço existir! Até deixei claro para ele a clássica postura deste que vos fala com relação, após a autorização do próprio para divulgação das aspas abertas durante toda essa conversa/entrevista..... se colocou a disposição de todos na despedida do assunto, pois ele tinha que sair:
Blog do Igor: "....E no que puder, também a disposição elogiando, criticando, sugerindo sempre no que for necessário, algo que vem sendo a minha política aderida e sem médias pra nada."
Dimitri Rodrigues: "Conto com as suas críticas, que tenho certeza contribuirão na nossa melhoria, pois acredito que só assim crescemos.
Vou aqui seguindo nesta luta, sonhando, suando, imaginando, colocando em pratica, revendo, readequando caminhos, etc...
Fique com Deus."







Agora é aguardar os próximos fatos, acontecimentos e ficar de olho no que tiver certo, errado. Manter a mesma postura que pude ter no outro projeto, e é algo que outros deveriam fazer pois a melhor forma de querer o melhor para o esporte é agindo assim e sem puxação de saco. O que tiver certo, o que tiver errado, ainda estamos num país democrático para falar, elogiar, criticar, sugerir o que for necessário. E todos estão sempre abertos para conversações assim, para entrevistas assim.