domingo, 19 de novembro de 2017

San Martín vence Instituto e é campeão do Super 20 da LNB Argentina

Foto: Fabián Pérez/ Tyc Sports




Pra finalizar o dia, Super 20 da LNB Argentina. Título nas mãos do San Martín de Corrientes num 83 a 74 sobre o Instituto numa final interessante que ocorreu. As duas equipes que jogaram a Liga Sul-Americana de Basquete em 2018, o Instituto que fez algo espetacular, fez algo histórico, algo maravilhoso que foi eliminar o San Lorenzo, já o San Martín tinha passado com dificuldades a um Gimnasia que honrou a camisa até na disputa de terceira colocação em que perdeu no fim por 78 a 76 para o San Lorenzo.
Falaremos do jogo, em que o primeiro quarto foi todo a favor do San Martín de Corrientes e a primeira cesta do Instituto só foi faltando 4 minutos e pouco pro fim do quarto. Sequência de 10 a 0 e placar encostado no fim do quarto, apesar de que quem ficou na frente foi o San Martín por 17 a 16.
No segundo quarto, o Instituto chegou a botar 11 pontos de frente e ainda com González e Piñero na linha de frente. Só que os comandados de Sebastian González simplesmente na reta final do quarto, reagiram e com muitas bolas de 3 como Mainoldi, Aguerre e Faggiano para virar o jogo e terminar na frente por 42 a 35 na ida para o intervalo em favor do lado "rojinegro".
Na volta de intervalo, muitas faltas, muitos lances originados de falta técnica, mais luta do que basquete em si nos dois lados e isso fez a partida ficar demorada mesmo. E em meio a tudo isso, tinha um Scala, um Davis a puxar o lado do Instituto e mesmo assim o San Martín na frente, 55 a 53 antes do último quarto de jogo.
No último quarto, tudo sendo resolvido em meio a tanto equilíbrio, a tanta batalha de ambos os lados.....na última parte, na reta final de jogo. Eis que Lucas Faggiano consegue consolidar a vitória, com passes, com bolas de fora a liquidarem a partida e o título vai pra Corrientes numa final que tinha tudo pra ser boa e foi.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: San Martín teve 31 pontos do Lucas Faggiano, 21 do Mainoldi e 15 do Keenan. Já o Instituto teve 16 pontos do Luciano "Chuzito" González, 14 do Whelan, 13 do Scala e 13 do Facu Piñero.

Independiente 1 x 0 River Plate: Superliga Argentina 2017-18 no blog!

Foto: FotoBAIRES


Duelo em Avellaneda em que o River começa a parar pelo caminho e o Independiente venceu jogo crucial no momento do campeonato. É do jogo que fechou a rodada deste sábado, que o blog se ligou e acompanhou, e teve até lei do ex, pois Nico Domingo já foi em alguns anos volante com a camiseta Riverplatense.
Sem perda de tempo, falaremos do jogo em que tivemos uma primeira etapa com Independiente um pouco melhor, embora as chances eram poucas para ambos os lados. Até que veio a expulsão do Lux que passou da bola completamente, mas foi lá na cara de pau e pegou com a bola fora da área, como aqui está o lance insólito e olha que a semana inteira chegaram a falar de outro goleiro que andava afastado da equipe e não se sabia o que se passava: https://twitter.com/TNTSportsLA/status/932050810346856448
E além da expulsão do Germán Lux num erro daqueles, teve uma segunda etapa na qual, o River nem parecia que ficava com 1 a menos além de alguns chutes longe do gol e num chute no travessão do Pity Martínez. E ainda o árbitro deixou passar um toque de mão do Amorebieta num escanteio que ele dá uma de vôlei e como ele tinha cartão, ele poderia ter sido expulso no lance, até nos melhores momentos da turma da TNT Sports não deixaram escapar isso. E aos 36, o gol da Vitória do Independiente que poupava jogadores para a Sul-Americana terça contra o Libertad, tudo começou com o goleiro repondo rápido até Sánchez Miño(ex Boca, ex Cruzeiro) que arrancou e fez a jogada da linha de fundo e rolou para atrás quando Nico Domingo("Domingo en la noche de sábado", como diria Germán Sosa numa vez que narrou assim) conferir o gol da vitória em Avellaneda.

sábado, 18 de novembro de 2017

San Martín de San Juan 1 x 3 San Lorenzo: Superliga Argentina 2017-18 no blog

Foto: El Gráfico




Superliga Argentina, um dos destaques do Blog do Igor. Enquanto existem canais reprisando jogos e demais, vamos dando o nosso jeito para acompanhar tudo do esporte e sem depender de nada, o famoso "me la banco yo".
Me lembrei demais sobre esta vitória do San Lorenzo em San Juan, da forma que venceu o Temperley em rodadas atrás, sempre jogando no coletivo e eficiente em contra-ataque para chegar quietinho na dianteira de frente do campeonato.
Na primeira etapa, sem muitas chances de fato embora quem esteve perto do gol era o San Lorenzo quando Cerutti perdeu uma chance que o goleiro do San Martín de San Juan defendeu. E o gol saiu aos 38 minutos quando na linha de passes para o meio com direito a corta-luz e a bola foi girada até chegar a Nicolás Blandi que deitado finalizou sem chances e marcou o 1 a 0 do Ciclón em San Juan, aconselho até a ir atrás da jogada, muitas trocas de passes, objetivas e sem perder o passo até chegar a Blandi.
Na segunda etapa, o San Lorenzo voltou melhor e controlando o jogo. Algumas oportunidades surgiram como o Paulo Díaz, como também Cerutti finalizou passando perto e sem falar no Belluschi que foi poupado e entrou na segunda etapa, quando mal entrou perdeu chance também. Alias, reparem como o nível não caiu seja com Romagnoli ou com Belluschi e não duvidem que logo terá a discussão se os dois poderão jogar juntos na equipe.
Eis que veio o gol, quando Romagnoli antes de sair praticamente cruza na área e Paulo Díaz, o chileno sobe de cabeça para marcar o 2 a 0. Depois disso? O San Martín de San Juan quis se animar no jogo, mas era muito apático e pouco chegava na meta adversária. E quando chegou, descontou em lance que a bola deu um balão e o Álvaro Fernández desvia para o gol.
O San Martín foi para o tudo e nada, mas sem sucesso porque na última jogada da partida, veio a garantia de 3 pontos, passe de Belluschi a Blandi que marca o 3 a 1 final de jogo por lá.
Nos outros jogos do dia: Defensa y Justicia venceu o Lanús por 3 a 0(jogo no qual teve em 14 minutos o Defensa simplesmente liquidando o jogo a um Lanús poupando jogadores para quarta-feira contra o Grêmio), teve Banfield 0 x 0 Temperley, sem contar os jogos de ontem que tivemos o Colón vencendo na La Paternal o Argentinos Jrs por 1 a 0, teve o empate em 0 a 0 entre Atlético Tucumán x Arsenal e Newell´s Old Boys perdendo em casa por 1 a 0 para o Belgrano.

Na Final da Copa Paulista, empate sem gols na ida: Inter de Limeira-Ferroviária pra vocês

Foto: Fox Sports Brasil




Empate sem gols na ida da final da Copa Paulista em solo limeirense, semana que vem tudo será decidido para saber quem será o campeão que escolherá entre vaga na série D ou na Copa do Brasil neste 2017 da Copa Paulista. Teve de tudo: Teve dilúvio que foi arrastado para a Capital, teve oportunidades de ambos os lados e no fim um 0 a 0 em que tudo será decidido semana que vem em Araraquara.
A primeira etapa começou com a Inter pressionando e até em uma das chances o goleiro da Ferroviária sai mal e na tentativa de toque, a bola saiu bem pra fora. Depois disso, teve equilíbrio e a Ferroviária melhorou no jogo embora não teve tantas emoções além da narração do rádio salvando tudo.
Na segunda etapa, jogo deu uma melhorada de fato. Chance da Ferroviária em chute cruzado do Hygor que a bola passou perto, já a Inter de Limeira arriscou chutes de fora sem tantos perigos assim e no fim um 0 a 0 em que sábado que vem tudo será decidido.

Observações, Opiniões e tudo mais neste sábado

Vamos ao post em meio a este sábado sem muitas novidades? Daqui a pouco terá mais, com a ida da Copa Paulista, com a final do Super 20 da LNB Argentina, e até com Superliga Argentina nesse meio também.
Lembrando que amanhã, e isso também falarei nas redes sociais, terá cobertura amanhã da série A do Brasileiro. E falando em redes sociais? O Blog está nas redes sociais dessa maneira:
Facebook: Facebook.com/blogdoigor05
Twitter: @blogdoigor05




-E tinha alguma surpresa com relação ao corte da Rede TV na Superliga Feminina de Vôlei? Pois é, um horário marcado para 3 da tarde, ao invés de terem mantido o 2 da tarde tradicional poderia ter sido uma das soluções para que isso fosse evitado ainda mais sabendo que poderia dar 5 sets como deu entre Nestlé Osasco x Minas(que virada Minas-tenista, diga-se de passagem, 3 sets a 2 e com um terceiro set vencido por 32 a 30). Ou até em outro ano, poderia valer isso: Uma rodada dupla de Rede TV no domingo em meio a uma programação que é preenchida com programas caça-níqueis e outros que não tem tanto destaque assim, ao invés de ir no sábado. Já no Masculino, falando já do Vôlei....3 sets a 0 do Sada Cruzeiro sobre o Minas num dos destaques do sábado.
-No Basquete, twittou o dirigente twitteiro(Lo twittea Rossi, dei uma agora de Vero Piñeryúa quando lê as noticias) e nisso vou resumi-lo falando sobre várias solicitações de equipes para jogar a Liga Ouro. Numa delas, em uma resposta a algum twitteiro, disse que o Corinthians é uma destas equipes que parece que não teria problemas financeiros para jogar a competição. Uma das equipes que mandou essa solicitação para jogar a Liga Ouro, é o Cerrado Basquete conforme quem se liga aqui ou ou o acompanham eles já sabe bem disso. Vamos ver quantas solicitações, já que ele não adiantou nada sobre equipes e quantas solicitações.......acho até que é o que todos querem saber para a Liga Ouro que corresponde a nossa segunda divisão.
-Mudanças de grade no NBB: Sabe os jogos do Basquete Cearense contra Botafogo e Vasco em Fortaleza? Pois bem, virarão jogos televisionados pelo o Sportv nos dias 1 e 5 de Dezembro, no dia 1 será as 19:30 no horário de Brasília e no dia 5 será as 21h no horário de Brasília. O Sportv aproveitará jogo que talvez não teria nem rádio transmitindo. E como fiquei sabendo disso? O Novo twitter do Basquete Cearense(devem ter perdido a senha da antiga conta e fizeram agora uma nova conta, falo do @basqcearense) informou isso de forma oficial, até fui checar e a página principal em outra rede divulgou a conta que é bem nova. Alias, não custa nada os clubes também terem a sua marca numa rede social como a do twitter, a vida não é só facebook, instagram e outras. Times de outras modalidades precisam ter ao menos Facebook e Twitter para se comunicar e levar o nome do clube nas redes sociais e conheço clubes que....não tem isso.
-Teve amistoso da Argentina no Rugby, "Los Pumas" venceram a Itália nesse sábado, aqui os melhores momentos: https://www.youtube.com/watch?v=HKU-K4Swdr0
-No Tênis, destaque para as semifinais do ATP Finals: Goffin que chegou a vencer o Nadal(que depois do jogo abandonou o torneio) voltou a vencer e venceu Federer chegando a uma final de forma espetacular. Vai encarar Grigor Dimitrov que no outro jogo eliminou Jack Sock, ATP Finals que será nesse domingo a final e eis aqui os Match Points das duas partidas: https://twitter.com/TennisTV/status/931914713713143811 e https://twitter.com/TennisTV/status/932008978640334848
-E também teve Challenger nesse meio: Falo do Movistar Open(Challenger de Santiago) que teve o título com 6/1 e 7/5 em favor de Nicolás Jarry sobre o El Salvadorenho Marcelo Arévalo na final disputada nesse sábado. Jarry que chegou a vencer fácil Thiago Monteiro na semifinal e está nessa nova fase chilena no tênis de reconstrução, eis o Match Point do jogo: https://twitter.com/JuanAndresCM/status/931993095654268928
-Indo ao futebol, série B com tudo resolvido semana que vem. Se sou a CBF, o horário de 5 da tarde do próximo sábado só teria os jogos do América MG e do Inter que ainda decidem quem será o campeão da Série B esse ano e já com as discussões inclusive no lado colorado se é humilhação não ganhar a série B ou nada disso. Rebaixamento definido desde ontem com as quedas de Luverdense, Náutico, Santa e ABC. Já as subidas foram definidas nesse sábado.
Subidas essas que merecem destaque especial e sem de um para outro. Falo das subidas de Paraná e Ceará. Ceará que com mesmo com tantas dificuldades, com sua diretoria dando rateadas daquelas enormes, deu a arrancada justa e voltará a série A, turma do alvinegro de Porangabuçu até está vendo o amistoso que virou o jogo contra o Criciúma na maior tranquilidade, podendo conversar, beber a sua cerveja e muito mais. Subida que merecem.
Já o Paraná, o que falar do tricolor Paranista e sua subida que se pesquisar terá várias narrações do gol do Alemão e talvez de fim de jogo também(algumas transmissões feitas por live de facebook de algumas rádios conseguem ouvir essa reta final e além do gol). 10 anos depois de tanto sofrimento, não parecia que o Paraná avançaria esse passo a ser dado embora muito precisa ainda ser feito no tricolor paranista e quem acompanha com os anos sabe bem disso. Alvinegros de Porangabuçu, parabéns pela subida, Tricolores paranistas parabéns pela subida.....merecem demais a subida.
-E finalizo o post com o destaque internacional: Falo da estreia de um novo estádio, no Campeonato Espanhol o Wanda Metropolitano que será a casa nova do Atlético de Madrid recebeu o primeiro clássico da cidade que não passou do 0 a 0 entre Atlético de Madrid do Simeone e o Real Madrid de Zidane. Aqui os melhores momentos do jogo: https://www.youtube.com/watch?v=lXaugvwg2Lg

No NBB, Mogi vence Vasco na Arena Carioca

Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br



2 rádios e 1 TV, assim o duelo entre vascaínos e mogianos foi realizado na outra partida no dia do NBB e com Mogi chegando a temporária liderança em começo que quietinho está conseguindo os resultados, independente se tem jogado basquete ou não enquanto o Vasco segue sem engrenar. Alias pode ser que Vasco e Flamengo vão engrenar durante a competição, só que não consigo me surpreender tanto, no famoso nem tanto céu, nem tanto mar.
19 jogos, assim Vasco, Flamengo e Botafogo irão girar nos mandos para mandar alguns jogos por lá e sem contar a época de playoff e os clássicos entre as 3 equipes. Só que na partida deste sábado, só 2 mil foram liberados e até que teve bastante gente no visual percebido. É do 82 a 75, que o blog destaca com vitória mogiana por lá.
Falando do jogo, primeiro quarto impreciso de ambas equipes com muita correria e pouco pensar de fato, algo que já previa por ai. Mas do restante do quarto em diante, o time do Vasco melhorou e tomou conta da partida de vez, com direito as bolas de 3 do Hayes e do Nezinho, além do Fúlvio. 22 a 13 no fim dos 10 primeiros minutos de jogo, Vasco de Dedé Barbosa na frente.
No segundo quarto, o time mogiano melhora demais no jogo e muito graças a volta do Tyrone Curnell e somado a queda do Vasco no jogo. A virada mogiana aconteceu e nisso um 44 a 37 a seu favor na ida para o intervalo.
Na volta de intervalo, placar equilibrado por mais que o Vasco tenha melhorado no jogo e encostado no marcador. Equilíbrio total, até a reta final de quarto em que Vitinho, e as bolas seguidas de 3 pontos fizeram alongar o placar e num 58 a 51 em favor de Mogi antes do último quarto.
No último quarto, ficou aquele famoso jogo do Vasco correndo atrás no placar e faltando pouco pra encostar, já Mogi mantinha a dianteira até que os principais tinham que liquidar o jogo. Falo de Larry Taylor, falo de Shamell que na hora do jogo pegar, acabaram sendo decisivos para a vitória no Rio.
Cestinhas do jogo? Mogi teve 17 pontos do Tyrone Curnell, 17 do Larry Taylor, 12 do Filipin e 12 do Shamell. Já o Vasco teve 17 pontos do David Jackson, 14 do Renato Carbonari e 13 do Lucas Mariano.

No NBB, Botafogo vence Liga Sorocabana em General Severiano

Foto: Ana Carolina Fontes




Óbvio que esse era o típico jogo que se você está in loco do lugar, cobriria sem dúvidas. Falo do 70 a 62 que o Botafogo fez ganhar a primeira no futuro duelo por playoffs entre essas duas equipes, ainda mais na análise deste que vos fala que bota 10 classificados para playoff e o resto brigando por 2 vagas, assim o Botafogo do Márcio Andrade vence na manhã deste sábado a Liga Sorocabana, até imagino que o horário do jogo foi por causa de custos, algo que a Liga Sorocabana costuma fazer desde outros NBB´S.
E o quesito ingresso? Esse parece que não muda, se não é a Liga a fazer besteira, os clubes dão a sua parcela. Botafogo ao lado de Bauru que será os preços mais caros de todo este NBB, 30 reais(15 a meia) para assistir as partidas do clube que é mais tradicional no NBB. Mas tá tudo crescendo e quem critica é o chato da coisa, ironicamente falando....
Dito isso, vamos falar da partida. No primeiro quarto de jogo, tivemos(menos, bem menos com relação a falar em bom público, calma nessa hora) equilíbrio de começo e depois Jamaal e Tatum aparecendo na partida para que o Botafogo fosse abrir a vantagem e terminar o quarto na frente por 20 a 14.
No segundo quarto, a Liga Sorocabana se perdeu no jogo e viu mesmo com o Botafogo perdendo Tatum pois tinha deslocado o ombro numa jogada feia, a rotação botafoguense fez ajudar a equipe a abrir e administrar 10 pontos de frente em grande parte do segundo quarto. 37 a 31 e com direito a Jamaal e Rafinha puxando a equipe alvinegra.
Na volta do intervalo, os comandados do Rinaldo Rodrigues voltam melhor. O Lado Sorocabano quase lá na metade do quarto chega a empatar o jogo com a jogada interna com o Mineiro, com lances de Cook e Kevin Crescenzi e tudo terminou 51 a 49 antes dos 10 últimos minutos de jogo em General Severiano, no solo carioca.
No último quarto, Jamaal era a batuta principal. Assim como em Macaé, em São José, em vários outros clubes como de costume no NBB, deve fazer do Botafogo a principal peça e não foi a toa no último quarto ele aparecer assim. E se não era com pontuações, era com passes, ainda mais fazendo a parceria com Douglas no jogo mais simplório. A Liga Sorocabana até que se manteve perto do placar, mas na hora que tinha que chegar, não chegou e viu os lances livres do Botafogo liquidarem a fatura além da bola de 3 do Rafinha restando 1 minuto e meio para o fim de jogo.
O Botafogo vence a primeira no NBB e a Liga Sorocabana perde a sua primeira já que tinha vencido as duas primeiras em casa.
Cestinhas do jogo? Anote aí: Lado Botafoguense teve 22 pontos do Jamaal(Jamaal Smith), 15 do Douglas e 10 do Rafinha. Já o lado sorocabano teve 13 pontos do Cook e 12 do Ferros.

LUB 2017-18 nesta sexta

Liga Uruguaia de Basquete que ontem teve Malvín vencendo o Trouville em jogo atrasado por 75 a 56, e nesta sexta, teve 2 jogos, vamos a eles? Então vamos!
Fotos do post: Doble Y Falta(as duas fotos)



LARRE BORGES 81 X 85 URUNDAY
Começo com o duelo que foi mais cedo no Romeo Schinca entre o "Gigante de La Unión" e o "Estudioso"(Como são conhecidos Larre e Urunday) e o duelo foi equilibrado em toda a sua essência tendo que ser resolvido na reta final com vitória em favor do Urunday que vence jogo que pode fazer total diferença lá na frente em meio a uma tabela toda embolada.
No primeiro quarto, muito equilíbrio, muito aproveitamento alto no lado ofensivo de ambas as partes até os 2 minutos finais de quarto em que Johnson e Crawford ajudaram o Larre Borges a alongar vantagem e terminar na frente na diferença de 8 pontos, 28 a 20.
No segundo quarto, muitos erros do lado do Urunday fazem da equipe não chegar pra valer no placar e isso custava caro, até que nos 3 minutos finais de quarto, os comandados de Héctor Da Prá chegaram no marcador e usando muito de Kevin Young e Brian Craig no garrafão para chegar onde queria, chegar no quarto e virar o marcador para ir na frente no intervalo, 44 a 38 em favor do "Estudioso" sobre o Larre Borges dentro do Romeo Schinca que vira palco que o Larre é sempre forte na sua casa.
Na volta de intervalo, o Urunday chega a administrar uma vantagem de 10 pontos e graças a Young e a Elliott que foram soberanos no terceiro quarto de jogo a um impreciso Larre Borges que não repetia boas atuações de outras rodadas e isso até deu uma murchada no seu torcedor ao que se ouvia nas rádios. 66 a 62, Urunday na frente e tudo resolvido no último quarto.
Último quarto que teve o Urunday mantendo a vantagem, mas o Larre Borges empatou o jogo ainda mais com melhoria de defesa, forçação de erro alheio e com Alex López e Rodríguez deixando tudo igual. 2 minutos e pouco de pura definição no Romeo Schinca, e uma pena que nem teve gente a gravar esses instantes finais, senti falta disso.
Mas esses 2 minutos e pouco de fim de jogo, tiveram a resolução do jogo em erros de ambos os lados. O que o Larre Borges teve de arremesso para converter e vencer ao menos a partida, não estava escrito. Aí teve que Elliott liquidar a vitória do Urunday nos lances livres. Deu Urunday sobre o Larre Borges
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Urunday teve 21 pontos do Elliott, 20 do Young, 14 do Brian Craig e 10 do Emílio Taboada(que já jogou por aqui, para quem não sabe disso). Já o Larre Borges teve 26 pontos do Alex López, 18 do Johnson, 10 do Crawford e 10 do Mayora.





BIGUÁ 69 X 79 BOHEMIOS
Televisionado(No Uruguai) da noite em Villa Biarritz e dá gosto de ver quando uma equipe que se sabe de todas as suas limitações bota uma garotada com aquela personalidade tal qual numa semana fechada com 2 vitórias que ninguém contava na conta, nem o mais otimista torcedor do "marrom de Pocitos" acreditava tanto nisso. No final, era um grito só dentro do ginásio: Vamos los Pibes.
A garotada do Bohemios, que tinha perdido um de seus pilares por lesão e dispensa como foi Daniel Stewart(ex Argentino de Junín) e tinha que se virar só com 1 estrangeiro(Kelley) teve que ir na personalidade para bater o Biguá dentro de Villa Biarritz que não é tão simples assim.
Falo do jogo, em que teve o Bohemios abrindo 12 a 3 de cara com 6 minutos restantes para o primeiro quarto. E esse domínio do Bohemios durou durante o quarto, com o Biguá não indo bem na sua defesa. Perdomo e Álvarez foram figura do 23 a 15 no fim dos 10 primeiros minutos de jogo.
No segundo quarto, Bohemios tomando conta do jogo e inclusive com Perdomo que vem fazendo uma LUB boa até o momento e disso cheguei a falar em outros jogos quando o assunto é a equipe do Bohemios. E nisso, o Biguá seguiu atrás do marcador. 36 a 29 para o Marrom de Pocitos e no intervalo homenagem a turma do Biguá aos 100 anos da La Comparsita.
Na volta de intervalo, o "Pato de Villa Biarritz" volta melhor e com direito a um ótimo quarto feito por Joaquin Osimani, além de Glenn para o Biguá tirar a vantagem e terminar na frente antes do último quarto, 52 a 50.
No último quarto, equilíbrio de ambos os lados e tudo parecia ter fim na reta final de jogo. E eis que aparece o garoto que teve passagem nos Estados Unidos, e com bolas de 3 e passes para cesta fez com que a vitória do Bohemios acontecesse. Falo de Agustín Da Costa sendo decisivo nesse lado e com a festa da garotada jogando mais basquete que o Biguá que ficou devendo.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Bohemios teve 22 pontos do Perdomo, 18 do Agustín Da Costa, 11 do Rodrigo Trelles e 10 do Kelley. Já o Biguá teve 20 do Ricardo Glenn, 14 do Joaquin Osimani, 12 do Borsellino e 12 do Maurício "Pica" Aguiar.

Noite memorável no Angel Sandrín, Instituto vence San Lorenzo e está na final do Super 20 LNB Argentina

Foto: La Zona Pintada




Noite memorável, noite fantástica em Córdoba e o Instituto consegue fazer a festa da galera e não só da própria equipe, mas de todos que queriam que esse momento acontecesse porque não estava aguentando ver o San Lorenzo papar tudo, vencer tudo e o quanto que montaram time para isso, já começaram a temporada sem chegar a uma final, pois o Instituto no 82 a 72 consegue disputar a final do Super 20 da LNB Argentina que será realizada neste sábado com pouco o que descansar e o muito para desfrutar de uma final contra o San Martín. Alias, algo que ia me esquecido de falar na postagem anterior e falo nessa: Instituto e San Martín estão na Liga Sul-Americana de Basquete em 2018, com esta vaga para a final.
Falamos do jogo, um descomunal 34 a 16 no primeiro quarto de jogo em que a bola de 3 estava tão calibrada com Facu Piñero, com Davis sendo implacáveis em favor do Instituto e assim foi a primeira parte do jogo. No segundo quarto, claro que o San Lorenzo faria tudo diferente e até me fez lembrar o jogo contra o Weber Bahía que teve esses moldes todos de um primeiro quarto daqueles e o Instituto tinha que manter algo, embora não era vida tão fácil assim.
Falam em nervosismo do Penka Aguirre, mas esquecem que o Aguirre está envolvido numa denúncia de agressão, em que terá que responder por isso. Alias, poucos se posicionaram com relação ao assunto. Mas voltando ao jogo, por mais que o San Lorenzo baixou para 13 pontos, teve o Instituto permanecendo com a vantagem no 45 a 32.
Na volta do intervalo, Deck anulado como raramente é anulado, Calfani carregando o San Lorenzo nas costas, e sem contar no quarteto que fez o Instituto manter o resultado, falo de: Davis, Piñero, Gerlero e Clancy para a manutenção do resultado e nisso 62 a 48. Faltava só 10 minutos e tinha que permanecer na atuação, qualquer queda de ritmo era recuperação do San Lorenzo a vista.
E vou lembrar do Piñero ao Fabián Pérez na Tyc Sports falando da importância na defesa, o famoso "poner huevos" e isso permaneceu no último quarto até a manter 10 pontos de frente e em tempo nenhum tomou sustos e foi ameaçado na partida. Instituto esperou o final do jogo pra comemorar, a ida pra final, a eliminação em cima do San Lorenzo e a vaga para a Sul-Americana, enfim frutos lucrados por um talentoso treinador como é Facundo Muller.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Instituto teve 27 pontos do Davis, 19 do Facundo Piñero, 11 do Amicucci e 11 do Gerlero. Já o San Lorenzo teve 17 pontos do Calfani, 14 do Deck, 10 do Penka Aguirre e 10 do Marcos Mata.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Série B 2017 nesta sexta

Vamos aos 2 jogos do dia!


GUARANI 0 X 0 LUVERDENSE
E mais um rebaixado é confirmado nesta noite de sexta, falo do Luverdense que conseguiu jogar mais futebol na reta final mas os resultados não combinaram e pra quem teria que vencer o jogo, não conseguiu o resultado e é rebaixado com 1 rodada de antecipação. Já o Guarani garantiu a permanência, e tome da turma ficar dando cartaz para o Lisca naquela coisa forçada que ele faz em todos os clubes.....até quando isso?
Sobre o jogo, poucas emoções na primeira etapa com o Guarani jogando com regulamento debaixo do braço e com o Luverdense na posse de bola. Até a melhor chance do primeiro tempo foi bugrina em que o Richarlyson quase marcou um golaço em Campinas, metendo a bola no travessão em chutaço de fora da área.
Na segunda etapa, o Luverdense teve que ir pra cima. Rafael Silva pegou rebote de lance e mandou a bola na trave no começo da segunda etapa, depois o Guarani teve seus ataques em contra-ataques. Diogo Silva foi evitar o pior para a turma de Lucas do Rio Verde e assim foi toda a segunda etapa antes da confusão em 2 momentos na reta final de jogo. O primeiro desses lances foram a cabeçada do Eric sobre Betinho que vi exagero do jogador também, já o segundo, o auxiliar técnico do Luverdense entrou em campo e chutou a bola no corpo de Diego Jussani. Sem controle, o juiz expulsou Marcos Aurélio, em meio a confusão toda.....uma arbitragem daquelas sem pulso algum.
No fim, o Bugre se alivia do rebaixamento e a torcida e os jogadores comemoraram como se fosse subida, o clássico alívio. Já o Luverdense, terá que jogar a série C ano que vem.




JUVENTUDE 0 X 0 FIGUEIRENSE
Em uma notícia leio que o jogo foi morno, na outra fala em jogo movimentado e isso no mesmo site......porque não se decidam sobre isso?
Enquanto isso, o Juventude acaba cumprindo tabela com direito a 0 a 0 na despedida da temporada no Jaconi. Já o Figueirense, com o placar de mais cedo em Campinas fez com que o Figueira conseguisse ao menos o objetivo de ficar na série B após um campeonato inteiro flertando com a série C que até causaria problemas a parceria que está no clube, torcedor do Figueira respirou aliviado.
No quesito jogo, poucas chances. Poucas chances, jogo sonolento e no frio da Caxias que te convida para jantar em algum lugar....era assim que funcionava. A melhor chance da partida foi na segunda etapa quando Pará cobrou escanteio, Micael cabeceou para ótima defesa do Saulo e no rebote, Mateus Santana chutou forte e Pereira salvou quase em cima da linha, evitando o gol juventudista, se safou daquelas no lance o Alvinegro do Estreito.
E praticamente ficou assim no 0 a 0 que virou cumprimento de tabela entre as duas equipes.

No Amistoso de Futsal, Brasil bate Costa Rica

PS: Infelizmente sem foto para ilustrar o post!





Minha gente do Blog do Igor, acham que o Blog é só futebol, só basquete, só outras modalidades na linha editorial de pura liberdade por aqui? Que nada. O Blog se ligou no 3 a 1 do Brasil com Falcão em quadra e até com tempo do Marquinhos Xavier fazer experimentos como garotada em quadra. Terá um novo encontro entre as equipes no domingo nessa nova era Marquinhos Xavier na seleção brasileira de futsal.
No jogo de hoje em solo mato-grossense, tivemos o Brasil tomando conta no primeiro tempo e uma abertura de 2 a 0 quando Nenê roubou a bola e só rolou pra Douglas, além do 2 a 0 com Keké de primeira após passe de Falcão. A Costa Rica meio que achou o gol no fim do primeiro tempo, quando no erro de saída de bola o Ballestero marcou para a equipe da América Central.
Na volta do intervalo, o Brasil tinha a chance de liquidar o jogo, perdeu algumas oportunidades somado a testes do Marquinhos Xavier e sem contar o quanto a Costa Rica bateu também, diga-se de passagem. Até que faltando um minuto para o fim do duelo e com o limite de faltas estourado, o Brasil liquida e garante a vitória quando João cobra o tiro livre após a sexta falta e marca a vitória brasileira no primeiro amistoso das equipes e domingo terá muito mais por lá.

NBB nesta noite de sexta

2 jogos na noite, vamos a eles? Então olha aí! Amanhã terá 2 jogos: Botafogo x Liga Sorocabana e Vasco x Mogi
Fotos do post:Divulgação / Bauru Basket / Bauru Basket e Rafael Tomé/Divulgação


JOINVILLE 71 X 97 BAURU BASKET
Vamos começar com o jogo do twitter, o jogo do rádio também e a vitória bauruense sobre Joinville na lógica ocorrida no Grêmio Whirlpool na maior do estado. Bauru consegue se reabilitar contra um Joinville que tentou ter resistência mas no fim não pode fazer isso mesmo jogando pra ótimo público por lá.
A notícia ruim do jogo ainda mais para o lado bauruense foi a perda de Gui Santos e do Argentino Stéfano Pierotti por lesões, algo que complicou até o quesito rotação da equipe que pode ter ficado assim para as próximas rodadas. Alias a informação que até o Rafa Antônio que estava narrando in loco o jogo no Jornada Sportiva e até foi redigida nos lugares ouvindo o médico bauruense é a de que: "Gui Santos teve uma torção no mesmo joelho onde operou o cruzado em Dezembro e Stéfano teve uma torção de tornozelo, igualmente grave. Os dois vão ser reavaliados durante a semana que vem na "Sem Limites"."
No primeiro quarto de jogo, tivemos equilíbrio de começo e no fim do quarto com penetrações, com muita facilidade a equipe bauruense tomou conta do placar e da vantagem, 26 a 19 no fim do primeiro quarto para os comandados de Demétrius.
No segundo quarto, a equipe bauruense chegou a abrir 11 pontos de frente, só que Joinville com seu jogo todo desenhado para Felipe Vezaro, para Vezarinho e mais na garra de novo do que na técnica para chegar a encostar e fazer um pouco de frente, por mais que no fim do quarto o lado bauruense seguia dominando as ações quando termina na frente por 48 a 39 na ida para o intervalo.
Na volta do intervalo, o lado joinvilense se viu dominado no jogo em que era notável a diferença técnica entre os lados e quando Bauru abriu 18 de frente, o último quarto virou protocolo puro pois não tinha reação de um lado e tinha controle do outro. Deu Sendi Bauru numa fácil e tranquila vitória no fim.
Cestinhas do jogo? Lado Bauruense teve 20 pontos do Kendall Anthony, 15 do Alex, 14 do Michael(Maikão) e 13 do Isaac. Já o lado joinvilense teve 17 pontos do Deonta Stocks, 13 do Vezarinho e 12 do Maxwell.






CAXIAS DO SUL 80 X 86 FRANCA BASQUETE
Sem rádio em nenhum dos lugares(Caxias fazia posto, Difusora de Franca simplesmente só voltará dia 2 ao que fiquei sabendo do Júnior e a Hertz não fez o jogo), só com relatos de um lado e do outro......e tem gente que diz que é fácil acompanhar o NBB.
Franca precisava desta vitória jogando por lá e foi o que fez na prorrogação diretamente de Caxias do Sul. Em outra postagem falei e volto a repetir sobre Leandrinho em Franca: Pobre Francanos, mais um time em que se houver qualquer convite da NBA ele larga o clube e as juras de amor ficam falsas e sem falar que o que supervalorizam o cara....não tá escrito, pobre Franca.
Jogo amarrado, jogo pegado e assim foi o primeiro quarto equilibrado apesar de tudo isso. E Franca terminou na frente nos primeiros 10 minutos, 19 a 17.
No segundo quarto, Franca seguia até controlando a pequena vantagem embora tudo seguia na mesma....eis que Alexandre Paranhos conseguiu aos poucos tomar conta do garrafão em favor dos caxienses e sem falar no aporte de Pedro Mendonça(que já foi do Uniceub Brasília e foi contratado essa temporada) em chutes de fora para abrir 11 pontos de frente, placar no fim do quarto 41 a 33 e Caxias de Rodrigo Barbosa na frente.
Na volta do intervalo, sequência inicial de 8 a 0 e Franca encostou no jogo. Mas isso durou pouco, pois o Marcão e o Alex Oliveira ditaram o ritmo em favor de Caxias e isso fez com que a vantagem voltasse na mesma toada no 64 a 56 antes do último quarto. Último quarto que Franca teve que se virar com Léo Meindl fora por 5 faltas, Gruber fora com 5 faltas e tudo foi para a reta final sendo que Caxias chegava a ter a vantagem, uma perda de bola e Cipolini fez baixar pra 1 posse só no minuto final de jogo. Caxias teve chance de liquidar o jogo e não obteve sucesso, Franca teve a posse e o empate no marcador em que Antônio faltando 15 segundos deixou tudo igual na Serra Gaúcha.
Tempo pedido por Rodrigo Barbosa, posse final e a bola de 3 do Alex Oliveira foi sem sucesso, prorrogação e empate em 71.
Na prorrogação, Franca esteve na frente em grande parte dela ainda com aqueles 3 pontos de frente na vantagem. Mas Caxias sempre encostou no marcador, não ficou tão atrás até a definição do jogo ir pra reta final em que os lances livres pareciam que faria diferença para Franca, mas houve perda de bola e chance de empate para Caxias no chute rápido do Cauê Borges e isso restando 8 segundos, nada feito e falta logo após para Antônio liquidar no lance livre e a vitória francana acontecer por lá.
Cestinhas do jogo? Lado Francano teve 21 pontos do Cipolini, 19 do Léo Meindl e 13 do Cassiano. Já o lado caxiense teve 25 pontos do Cauê Borges, 18 do Alexandre Paranhos, 12 do Marcão e 12 do Alex Oliveira.

San Martín vence Gimnasia e está na final do Super 20 da LNB Argentina

Foto: LNB Contenidos




Super 20 da LNB Argentina em seu Final Four que está sendo disputado em Córdoba e o San Martín com final dramático vence e vai pra final onde futuramente espera o San Lorenzo a não ser que haja uma surpresa daquelas e o Instituto apronte algo.
É bom ver um Gimnasia após um ano em que não se sabia como andaria começar tão bem nessa temporada e sendo tão competitivo na batuta de Martín Villagrán. Já o San Martín fez o seu esperado nesse 85 a 83.
Falamos do jogo, no primeiro quarto tivemos equilíbrio de começo mas depois um San Martín que se acertou na defesa e no ataque Leo Mainoldi teve a sua aparição clássica chegando até a abrir 17 a 10, mas depois o Gimnasia encostou fazendo o placar do quarto terminar em 19 a 16 para o San Martín de Corrientes.
No segundo quarto, tivemos por mais que Famous e Giorgetti botasse o Gimnasia não tão longe da vantagem de placar.....o quarto era todo dos comandados de Sebastian González, com Reynaldo García, garrafão produtivo com Keenan e todas as variações ofensivas correntinas para levar um 43 a 37 na chegada ao intervalo a frente do marcador.
Na volta de intervalo, o lado rojinegro chegou a abrir 11 pontos de frente. Mas aos poucos, o Gimnasia foi tirar vantagem, foi cortar distâncias e a dupla Famous-Shaquille Johnson botou o Gimnasia no jogo a ponto de batalhar, lutar no jogo em que um 65 a 62 fez tudo ser definido no último quarto.
Reynaldo García de um lado, Pitu Rivero do outro e o último quarto estava na alternância de jogo ainda mais depois do Gimnasia ter virado o marcador. Mas Rivero sai lesionado de jogo, o Gimnasia acabou perdendo jogo embora tudo estava equilibrado, e o San Martín seguia na variação ofensiva enquanto o Gimnasia simplesmente lutava atrás. Tudo ficaria definido para o fim, o San Martín tentou liquidar tudo nos lances livres só que o Faggiano foi perder 1 dos lances livres que manteria a vantagem em 3 pontos quando restava 5 segundos, e Gimnasia teve a chance da bola do empate, bola essa que houve o roubo, houve o tapa de bola legal e a vitória para o San Martín que jogará a final amanhã no Ângel Sandrín em Córdoba.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: San Martín teve 24 pontos do Reynaldo García, 14 do Mainoldi, 10 do Keenan e 10 do Aguerre. Já o Gimnasia teve 25 pontos do Famous, 18 do Shaquille Johnson, 17 do Giorgetti e 15 do Pitu Rivero.

Série A 2017 nesta quinta

Vamos aos jogos do dia!
Fotos do post: Agência Estado, Márcio Cunha/Agência Estado, Reprodução/Twitter EC Bahia, Divulgação/Agência Palmeiras e Geraldo Bubniak/Estadão Conteúdo



BOTAFOGO 1 X 2 ATLÉTICO GO
Começando com o que se passou no Nilton Santos. E querem verdades? Aí está, e muitos ficam com medo de dizer:
1-Não tiro uma vírgula do que falei do Botafogo na temporada que foi acima do esperado após a eliminação para o Grêmio.
2-Uma reta final de campeonato toda perdida no lado Botafoguense. É Jair Ventura ligando o clássico "dane-se" por saber que tem oferta de tudo quanto lugar em que irá durar pouco.
3-Fim de linha para Bruno Silva: É deplorável, é reprovável, é clamoroso, é patético o seu gesto a quem tanto abraçou. Alias a postura de jogadores saírem todos juntos após verem um João Paulo ser o único a tentar algo.....é outra coisa patética em meio a tantas na noite do Niltão. Sabe o que me parece? O Botafogo através de seus jogadores, através de seu treinador estão naquela situação que parecem que estão por cima da carne fresca, achando que são mais do que são e isso.....acaba causando esses resultados, essa oscilação dando sorte em que estamos num campeonato em que todo mundo tropeça ainda pode dar uma vaga no colo alvinegro em que numa última rodada com sofrência todos comemoram. E Bruno Silva, você faria isso num Palmeiras, num Corinthians se você é tão macho assim? Me responda!
Dito disso tudo, falar que tivemos o Atlético GO dando o famoso baile tático, o famoso baile técnico, nem parecia que realmente era o lanterna do campeonato. Baile esse que teve uma primeira etapa na qual, o Dragão teve as melhores chances do jogo e fez por merecer o gol quando Jorginho aos 40 minutos chutou de fora da área para marcar o 1 a 0. 3 minutos depois, veio o gol de quem tentou mais do que todo mundo no jogo, João Paulo chutou de fora da área e o goleiro aceitou, 1 a 1.
Na volta do intervalo, variação tática zero, Botafogo cruzando 500 mil bolas na área, Vinícius Tanque entra pra não fazer nada e perder gols, e de repente o Atlético GO consegue o seu gol. Chute de fora da área, Gatito espalma e a zaga fica assistindo o lance inteiro em que o rebote é pegado na lateral e o cruzamento Luís Fernando sem marcação confere o 2 a 1 que não passou disso além de todos os ditos feitos.



CHAPECOENSE 2 X 1 VITÓRIA
Do dia do Fico que começou na segunda, termina de forma oficial nesta noite de quinta-feira. Um dia em que Follmann volta a bater uma bolinha numa das cenas espetaculares que a vida proporciona, tinha que terminar com chave de ouro com a vitória que faria o time jogar mais um ano para a série A.
Onde estão aquela enxurrada de besteiras vindas de outras pessoas, de jornalistas que não acompanham a realidade do clube, onde estão todos esses que até falaram coisas indevidas? Terão que enfiar o violão no saco, pois a Chape é de série A num elenco que é bem verdade que não teve confianças, de uma diretoria que não se confia porque Maninho não está capaz de levar a frente do clube como demonstrou até em coisas simples e hoje antes de completar 1 ano do triste acidente que sequelou jogadores, imprensa, diretoria e que se perdeu praticamente tudo.....o objetivo do ano foi a permanência na A e feita com 3 rodadas de antecipação. Até gostaria de fazer uma confissão em meio a tudo isso: Queria ter estado em Chapecó, me esforcei para procurar passagens, planejar tudo isso, mas faltava uma coisa chamada verba, de tantas coisas que prometi fazer para o Blog, de tantas outras que fiz para a minha própria experiência de vida......a ida a Chapecó é a única coisa que ficarei devendo e com ou sem Blog, é algo que espero fazer no 2018 que chegará logo logo.
Já ao Vitória, não tem tudo terminado. Alias, Ponte Preta x Vitória será um dos jogos mais dramáticos na próxima rodada, é jogo grande em meio de um campeonato com definições, torcedor do rubro-negro baiano, prepare o coração para um jogo desses que valerá permanência sim.
E volto a dizer que não me surpreenderia sobre dois sentimentos que poderiam rolar sobre Mancini, agora a quem o Mancini queria enganar forçando uma emoção em rede nacional com o momento depois de algo que não consigo esquecer que ele disse no Sportv? É uma cena daquelas que não me comoveu. Se é cena que prefiro que me comova, que me comova ver um Alan Ruschel em campo, um Neto em campo em 2018 que vai me comover de verdade e não a emoção com quase lágrimas de crocodilo de Wagner Mancini que cuspiu no prato que comeu. Teve aplausos ao que vi de fato e até boa recepção por Mancini, só que a forçação de barra dele ao PFC......não convenceu.
Jogo de bola, sem tantas emoções no primeiro tempo. E quando tudo parecia ficar no 0 a 0 de jogo bem frio com direito a chuva caindo por lá, o Jandrei cometeu aquele erro e a bola é dada de graça no pé do David que se livrou do zagueiro e fez o 1 a 0 para o Rubro-Negro Baiano, mas meio que minutinhos depois o empate no escanteio em que o Reinaldo cobra na cabeça do Arthur Caike para deixar tudo igual em Chapecó.
Na volta de intervalo, pouco futebol, poucas chances e uma chuva torrencial que até acabou com o campo, era momentos que parecia jogo do Catarinense. A virada da Chape, veio na falta batida que Fernando Miguel espalma mas Túlio de Melo(esse jogo amarrado, emperrado, na chuva acaba sendo para jogadores como ele na sua característica) toca de cabeça para marcar o 2 a 1 e o Vitória na reta final de jogo foi insistir no abafa, abafa que não deu certo. Fim de papo, festa em Chapecó, dia do fico atualizado com sucesso e assim foi, ao Vitória a luta pra fugir do rebaixamento continua.




BAHIA 3 X 1 SANTOS
Bahia chegando lá, fugindo do rebaixamento que o tanto aterrizou e a chance era contra um preguiçoso Santos que mostra isso a cada rodada.
Trago a primeira etapa de jogo de forma diferente, Gabriel Dudziak na Rádio Globo SP definia assim: https://twitter.com/_gabrieldud/status/931309691552108544 já o Cáscio Cardoso na Rádio Sociedade da Bahia definia assim o primeiro tempo: https://twitter.com/CascioCardoso/status/931308990583230466
Só lembrando que o Peixe saiu na frente, jogada que Bruno Henrique completou no jogo de pressão inicial do Santos e depois o acerto do Bahia com gol do Mendoza.
Na segunda etapa, o Santos voltou aquela preguiça e a virada do tricolor baiano foi questão de tempo. Aos 9 minutos quando Zé Rafael cruzou na área no contra-ataque e Alison quando cortou a bola fez gol contra, virada do Bahia na Fonte Nova. Não vi em nenhum momento aquela esperança de empate Santista ainda mais pela bola jogada e nisso o Bahia liquidou o jogo quando Edigar Junio foi derrubado, e o próprio bateu para marcar, bola de um lado e Vanderlei do outro. 3 a 1 e mais 3 pontos para um Bahia que está garantido na série A em 2018 e o Santos, se não acordar perde a vaga na Libertadores.




PALMEIRAS 5 X 1 SPORT
Allianz Parque, e quem viu o jogo, ficou maluco com o próprio jogo. Uma primeira etapa que terminou 0 a 0, mas o melhor jogador que foi Fernando Prass fechando o gol em ao menos 2 chances, numa delas Diego Souza nesse meio. Só deu Sport afim de jogar, e um Palmeiras inteiramente sonolento. Quem poderia imaginar que o destino do jogo fosse ser revertido o tempo todo?
Na segunda etapa, No segundo tempo, o Palmeiras resolve jogar futebol abre o placar aos 11 quando em cruzamento do Dudu, Deyverson tocou pra rede. Logo depois, foi a vez do camisa 7 palmeirense cobrar escanteio na cabeça de Luan. O defensor cabeceou para o gol: 2 a 0. E nisso, o jogo mudou, o Sport deu aquela desanimada. E o placar foi construído, Keno dando passe pra Deyverson. Diego Souza descontou para o Sport e olha que deu tempo de mais gols. Gol de Dudu, e gol de Keno lá nos acréscimos de jogo.
Uma segunda etapa de um jeito, uma primeira etapa do outro e assim foi tudo.



CORITIBA 1 X 0 FLAMENGO
E pra finalizar a noite de futebol, em que resta 3 rodadas para acabar o campeonato daqui pra frente, o Coritiba que pode escapar na próxima rodada da série B que chegou a flertar com todos os feitos. Enquanto isso, o Flamengo segue naquela falta de vontade, naquela falta de tudo como se ligasse o dane-se também e o torcedor só sofre.
Falamos do jogo em que a primeira etapa, farei igual o jogo do Bahia-Santos em que tem tweets que meio que acertam no meio de falar dos jogos, o da vez é o comentarista da Rede Mais Esportes do Rio que é o Rodrigo Coutinho, resumindo como foi a primeira etapa em um tweet: https://twitter.com/RodrigoCout/status/931308458594447360 gol achado por Cléber Reis quando Carleto cobrou a falta no meio da área, Cléber Reis subiu mais que todo mundo e marcou o gol do jogo para a torcida alviverde vibrar no Couto Pereira.
Na segunda etapa, era o Coritiba buscando contra-ataque, correria e o Flamengo tinha que ir atrás do empate e era pobre ofensivamente. O Alívio coxa-branca só veio no fim de jogo, já ao Flamengo....nada é feito e nem protesto valeu nada.

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Vitória na prorrogação, Guaros vence Quilmes e está na final da Liga Sul-Americana

Foto: Alen Banewur(@alenb259 no twitter)



Liga Sul-Americana com o duelo que terminou agora a pouco no Domo Bolivariano em Barquisimeto e com mais uma final para o Guaros de Lara(alias uma dúvida, com o Guaros na final, não já qualifica o Estudiantes de Concordia, já que o Guaros foi campeão venezuelano e já estava garantido por isso na Liga das Américas? Ou falei besteira? Que alguém me ajude a esclarecer isso). O Guaros terá mais uma final a disputar perante os anos últimos que chegou onde chegou nas competições, já ao Quilmes.....muita luta, muita disposição só que na hora que tinha que não precipitar, foi precipitar inclusive no seu principal e talentoso jogador Eric Flor e isso custa caro no basquete.
Vamos falar desse 88 a 85? Primeiro quarto tivemos puro equilíbrio de ambos os lados e isso foi encaminhado durante todo o quarto. O Guaros a puro comando de Heisler Guillent, já o Quilmes tentando o Basualdo no jogo interno e isso fez com que a vantagem de 21 a 20 para o Quilmes acontecesse em solo venezuelano.
No segundo quarto, os comandados de Javier Bianchelli simplesmente fizeram um quarto perfeito no quesito se defender e anular as jogadas venezuelanas. Nisso, o trabalho defensivo fez valer e fez fluir os ataques com Ivan Basualdo, com 2 bolas de 3 do Cantón e do Maxi Maciel e até bola de 3 do Eric Flor para liquidar tudo e abrir 10 de frente na ida para o intervalo, 47 a 37 para "el Cervecero".
Na volta de intervalo, físico e intensidade....nisso o Guaros acabou dominando o terceiro quarto, por mais que o jogo parecia mais equilibrado do que nunca, tinha essa diferença entre venezuelanos e cerveceros. Nisso, um 63 a 60 em favor dos comandados de Fernando Duró.
No último quarto, alternâncias de todos os lados e nisso tudo parecia que se definiria nos últimos 1 minutos e 25 de jogo. Bola do "Grillo" Vargas para passar a frente, na sequência bola de 3 e o Quilmes voltava a frente com Eric Flor e ainda restando uns 25 segundos quase, Eric Flor fez 77 a 74(alias ele puxou o time do Quilmes no jogo praticamente inteiro). Na volta do tempo, o Quilmes quis pagar pra ver o ataque do Guaros em que do meio da rua Guillent converteu a bola de 3 rápida restando 17 segundos ainda no último quarto. O Quilmes tentou a bola do jogo, mas sem sucesso, até deu tempo do Bethelmy tentar do lado venezuelano e sem sucesso, prorrogação em Barquisimeto.
Na prorrogação, equilíbrio ao tempo inteiro até o minuto final em que surge Guillent sendo decisivo demais. Com rebote, com bola importante e de outro lado o Eric Flor precipitou duas bolas que custaram caro, e mesmo assim a vantagem era de 86 a 82 restando 13 segundos e tudo parecia liquidado antes da bola de 3 do Maxi Maciel que até despertou aquela cara brava do Fernando Duró no banco. 86 a 85, restando 8 segundos e tempo do Guaros. Na sequência do tempo pedido, falta no Echenique em que consegue converter os 2 lances livres e o Quilmes tinha que sair de trás e a bola do Ricky Sánchez foi sem sucesso. Festa do Guaros que de novo irá para a final de competição FIBA e o Quilmes ficou pelo caminho num jogo que merecia algo até melhor por tudo que fez no jogo, mas erros custam caro em certos momentos do jogo.
6 de Dezembro, 13 e 14 do mesmo mês de Dezembro, as finais melhor de 3. Cestinhas/Maximos Puntuadores: Guaros teve 29 pontos do Heisler Guillent, 18 do Echenique, 12 do Colmenares e 10 do José "Grillo" Vargas. Já o Quilmes teve 27 pontos do Eric Flor e 12 do Ivan Basualdo.
E o rádio conseguiu me salvar na falta de links e demais, alias aqui é assim, sempre tentando trazer o melhor para quem está do outro lado. Desta vez o Cachacho Pascual foi me salvar na agora ESPN Rádio Mar Del Plata, já que rádios venezuelanas não pegavam e a Esto Es Quilmes também não.

No NBB, Flamengo se reabilita e vence Campo Mourão em solo paranaense

PS: Infelizmente sem foto pra ilustrar.






Noite de rodada do NBB. 2 jogos sem TV, sem rádio e sem Nada(como foi Botafogo x Pinheiros com pouca gente por causa do preço abusivo de 30 reais e Vasco x Liga Sorocabana), 1 com transmissão do facebook(como foi Paulistano x Minas) e o jogo do rádio que foi Campo Mourão x Flamengo(através da turma da Rádio Humaitá). Alias é do 89 a 82 para o Flamengo que o Blog destaca e com direito a turma da Rádio Humaitá totalmente revoltada com a arbitragem do jogo, e válido o registro de fato, além da reclamação por falta de torcida no Belin Carolo(que eles chamam de Arena UTFPR) e até sobrou a reclamação para o nome que deram para o mascote do clube.....quem ouviu sabe do que estou dizendo.
Falando do jogo em que o Flamengo precisava se reabilitar no campeonato. Sobre uma pequena confusão entre Daniel Alemão e o outro jogador da equipe paranaense em um dos tempos que vazou um "vai tomar no c...", todos sabiam que quando iriam contratar o Daniel Alemão, se sabiam do lado destemperado dele que fez ter confusões em Mogi, em Limeira e até em demais lugares, todos sabiam do histórico do jogador desse lado que não teve em Brasília. A roupa precisa ser lavada e de forma particular, no treino e assim é tudo no lado de Campo Mourão.
No jogo, tivemos JP Batista levando vantagem sobre o garrafão alheio e dos 24 pontos do quarto, 15 foram dele. Com direito a uma reta final inspirada do Marquinhos, 24 a 18 para os comandados de José Neto que estava tão pilhado com as coisas que não quis nem que deixassem ouvir o tempo, algo raro porque o próprio José Neto não é tão assim, embora já vi casos assim.
No segundo quarto, Campo Mourão foi entrar mais no jogo pelo o embalo de seu torcedor, foi entrar mais na base da raça, da garra do que em sistema de jogo em si, ainda mais quando viu o Mengão abrir 11 pontos de frente em que tudo parecia que as coisas ficariam mais fáceis. Os comandados de Emerson de Souza chegou a empatar, mas o Flamengo foi pra frente no intervalo em que 42 a 39 foi o placar com direito a bola de 3 do Ronald Ramon.
Na volta do intervalo, enquanto todos reclamavam da arbitragem, o Flamengo teve o trio Marquinhos,Olivinha e JP Batista sendo principal no jogo, para manter o time rubro-negro na frente por mais que Greg Brown puxasse o lado paranaense de fato. 66 a 59. E no último quarto, Campo Mourão voltou a chegar no placar, voltou a empatar o marcador mas na reta final....prevaleceu a qualidade do Flamengo ainda mais com Marquinhos e o "Relâmpago" Cubillán, vitória do Flamengo no Paraná.
Cestinhas do jogo? Anote aí: Flamengo teve 30 pontos do JP Batista, 26 do Marquinhos e 14 do Olivinha. Já Campo Mourão teve 22 pontos do Greg Brown, 20 do Hélio, 13 do Jamail e 10 do Mathias.


Em outros jogos do dia, tivemos Paulistano 93 x 86 Minas(em jogo que teve definição na prorrogação), Vasco 76 x 68 Liga Sorocabana(Vasco enfim vencendo jogo e se reabilitando) e Botafogo 73 x 81 Pinheiros(Botafogo chegou a estar mais de 20 pontos atrás, tentou reagir, mas o Pinheiros com Holloway lá foi pra vitória). E amanhã, tem 2 jogos do dia: Caxias do Sul x Franca(no jogo do rádio, as rádios Francanas com Hertz e Difusora e a Caxias no lado gaúcho) e Joinville x Bauru(jogo do twitter do NBB e sem falar na Rádio Jornada Sportiva na Jovem Pan News de Bauru a transmitir).

Na Liga Sul-Americana, Aguada vence Cimarrones. Guaros-Quilmes para o embate direto

Foto: Alen Banewur(@alenb259 no twitter)




O Placar é claro, o placar é direto e o Aguada se despede da competição com uma vitória que fez eliminar o Cimarrones que caiu na falta de experiência mas no jeito rapidez+físico conseguiu surpreender, dar jogo e quase que conseguia lucrar com a vaga.
Falando do jogo, falando sem perda de tempo desse até bom jogo de fato. No primeiro quarto fico com o tweet do Alen Banewur que disse tudo sobre uma primeira etapa que finalizou 27 a 24 em favor do lado Aguatero: https://twitter.com/alenb259/status/931269228589658113
Já o segundo quarto de jogo, tivemos um endiabrado Jeremis Smith em que dava toco, que era pura jogada interna no ataque sem contar num Danridge ajudando demais, Danridge que voltará a vestir a camiseta do Nacional na volta da Liga Uruguaia de Basquete. Por mais que o Cimarrones tentasse não perder tanto de vista a vantagem do placar que o Aguada colocava, não conseguia chegar no placar. Nisso, os comandados de Fernando Cabrera teve 48 a 43 no fim do primeiro tempo em favor do time uruguaio.
Na volta do intervalo, com Rodríguez, com Michael Jackson, com Soriano.....o time colombiano tirou a vantagem Aguatera e nisso não só chegou no placar, mas também virou no jogo. Aguada abriu 12 pontos de frente que foram tirados com pontaria, força e correria do lado colombiano e tudo ficou decidido para o último quarto. Empatados em 74, assim uruguaios e colombianos terminaram o terceiro quarto, mais no lado ofensivo do que o lado defensivo.
As duas equipes até por um momento pareciam cansadas, pareciam só querer ataque e o jogo ficou numa alternância danada de placar. Até que o Aguada quando meteu algumas bolas com Démian Álvarez, Bavosi simplesmente chegaram a abrir 10 pontos, vantagem essa que foi tirada rapidamente e tudo foi migrado para os 30 segundos finais de jogo. Falta no Démian Álvarez, lance livre convertido por ele e o outro errado, tempo do Cimarrones restando 18 segundos.
Após o tempo pedido, o Cimarrones veio na posse final e sem sucesso a bola do Michael Jackson que tentou a largadinha na bola, mas deu aro e deu rebote para Démian Álvarez na sofrida vitória em Barquisimeto. Aguada agora pensará na LUB, e o Cimarrones ficará sem jogar praticamente e tudo sobrará para Guaros-Quilmes em que quem vencer tá dentro da final da Liga Sul-Americana de Basquete.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Aguada teve 25 pontos do Jeremis Smith, 22 do Danridge, 20 do Curtis, 19 do Démian Álvarez e 10 do Bavosi. Já o Cimarrones teve 27 do Michael Jackson, 21 do Carraway, 20 do Soriano, 16 do Rentería e 12 do José Rodríguez.

E saiu a última vaga pra Copa: Festa Peruana, vitória e classificação na mão

Foto: Selección Peruana(@seleccionperu)




Depois de umas 2 e 15 da manhã....saiu enfim todos os 32 clubes que jogarão a Copa do Mundo da Rússia em 2018. Fiz questão de acompanhar o duelo entre peruanos e neozelandenses em que era sábio que os comandados de Ricardo Gareca poderiam chegar, não era difícil o duelo. E o pior é que teve gente a botar um certo medo na vaga peruana, sendo que o time peruano também consegue jogar sem Paolo Guerrero ainda mais numa eliminatória entre seleções tão com diferença técnica assim.
A festa peruana desde o começo do dia aconteceu, sugiro que peguem prévias do jogo em que o torcedor e as TV´S peruanas(foram umas 3 pra cima) registrando a chegada do torcedor num lotado Estádio Nacional de Lima. Nada poderia dar errado para eles.
"Pito la Boca" como diria Alberto Jesús López e o jogo começa. Desde o começo, a seleção peruana estava melhor no jogo, era bolas na área, pressão daquelas em que se via a Nova Zelândia simplesmente ficar com os 11 sem passar do meio de campo. Até que aos 28 minutos saiu o gol que deu o clássico passo, contra-ataque em que a jogada sai da esquerda e Jéfferson Farfán no meio da área recebe a bola e enche o pé para marcar o 1 a 0 Peru em Lima e só não fez mais porque perdeu algumas oportunidades, sem falar num Cueva prendendo a bola por exemplo, só 1 time jogou no primeiro tempo enquanto a Nova Zelândia quando atacava seja na primeira etapa, como na segunda etapa que a seleção da Oceania melhora um pouco no jogo e até consegue ter um pouco de controle da partida.
Até que aos 19 minutos veio o gol da classificação e do passaporte carimbado a Copa do Mundo em que desde 1982 não jogava a competição. Escanteio batido e a bola sobra para Cristian Ramos finalizar e assegurar a Copa do Mundo em que hoje é feriado na cidade de Lima como o governo já tinha anunciado em caso de classificação e como ela veio, tem feriado no Peru de forma oficial. Deu Peru.

Corinthians 3 x 1 Fluminense: Série A 2017 nesta quarta

Foto: Marcos Ribolli




Título incontestável nas mãos corintianas, por mais que o campeonato tenha indicado queda de rendimento, momentos sem emoção......no fim, vimos simplesmente as equipes não querendo a taça de campeão, e isso pode até ser uma mensagem para futuramente, mas tem gente que acha que nosso campeonato é de alto nível, sendo que é raro para você votar e achar decente nos clubes;
A esticada inicial, mesmo com a oscilação sabida em que o campeonato só não foi para o saco porque os outros não quiseram, ajudou o Carille a ter seu título, ajudou o elenco corintiano e no fim, título com rodada de antecipação, torcedor em festa e até o foguetório foi soltado onde vivo.
O Fluzão que tem na Flusócio a principal forma de derrubar um clube, o dentro de campo é alarmante. Até parecia que teríamos tudo diferente, ainda quando o Fluminense começa bem e com um escanteio onde Marcos Júnior bateu escanteio e Henrique mandou para o gol, 1 a 0. E depois disso, o jogo ficou ruim, o jogo foi mal, embora o Corinthians teve 2 chances numa delas quando a bola passa por todo mundo, o Fluminense aguentou o tranco corintiano.
Já no segundo tempo, só deu Corinthians o tempo todo e o Fluminense mal das pernas. A virada corintiana estava próxima com direito a Jô marcando 2 dos 3 gols(os gols 1 e 2, e o Jádson marcando também embora. Virada com Jô, 2 a 1 com Jô e agora o 3 a 1 quando, essa foi boa hahaha
Bem isso. Título Corintiano, Flu se complica para sair lá debaixo e no outro jogo da noite: 1 a 1 entre Vasco x Atlético MG no Horto.

Na Liga Sul-Americana de Basquete, Guaros vence Aguada e chega perto da classificação. No lado uruguaio, a eliminação

Foto: Alen Banewur/Rádio Sport 890




Noite em Barquisimeto de Liga Sul-Americana de Basquete. Se no primeiro dia tivemos as vitórias de Quilmes e Guaros, algo que até falei no meio da postagem da cobertura in loco, nesta quarta-feira a rodada era decisiva....tudo poderia ser resolvido como até poderia chegar na situação de todos com chance.
Queria ver o grupo ter pegado fogo com todos tendo chances de classificação na última rodada se acontecesse do Aguada e do Cimarrones ter vencido na rodada de hoje. A primeira parte aconteceu, teve vitória do Cimarrones(93 a 88 sobre o Quilmes) que anda dando bola nessa fase, naquele jeito de jogo físico e de rapidez que tá dando a equipe colombiana essa surpresa toda, venceu o Quilmes. Mas a segunda, não foi tão bem assim, até que o lado Aguatero deu trabalho mas no fim prevaleceu a qualidade do Guaros de Fernando Duró.
É do 80 a 67 que o blog destaca na postagem, em que o Guaros está mais perto da vaga ainda mais se vencer o Quilmes. Já Quilmes e Cimarrones por exemplo terão que fazer contas para tal além de fazerem a sua parte e o Aguada, já está fora a cumprir tabela, alias o ponto mais forte da campanha Aguatera sem dúvidas é a vitória sobre o Pinheiros com bola de 3 do Démian Álvarez, o Calvete disse tudo em um tweet: https://twitter.com/joselocalvete/status/930971606515625984
No primeiro quarto de jogo, o Aguada muito fraco de marcação e ainda de quebra viu o Echenique que é um armário fazer frente e dominar o garrafão por inteiro e até com jogadas do Guillent visando tudo isso e os comandados de Fernando Duró nesse domínio todo abriram 18 a 11.
No segundo quarto, a rotação de banco do Aguada fez com que houvesse jogo. Além de Jeremis Smith atuante na noite venezuelana, o banco com rotações como a do Barriola por exemplo fizeram com que a vantagem aberta fosse embora e o duelo tivesse de igual pra igual e com muitos problemas que o Guaros tem encarado. Nisso mesmo assim, 35 a 31 para o time venezuelano no Domo Bolivariano.
Na volta de intervalo, teve o Aguada passando a frente no marcador seja com Diego García, Démian Álvarez, Bavosi e sem contar no Curtis também. Mas ficou praticamente nisso, pois o Guaros tomou a dianteira e a liberdade no placar, 55 a 50 e tudo sobrava definição no último quarto de jogo. Eis que esse último quarto, o destaque principal é José "Grillo" Vargas seja de longe, como de perto, o cara que carregou nas costas o time venezuelano para uma vitória além do esforço na defesa, além de Guillent fazendo das suas. Deu Guaros, perto da classificação e Aguada fora e nesta quinta a definição do finalista pra ver quem pega o Estudiantes de Concordia.
Cestinhas/Maximos Puntuadores: Guaros teve 22 pontos do Guillent, 17 do Colmenares e 14 do José "Grillo" Vargas. Já o Aguada teve 21 do Jeremis Smith e 11 do Curtis.

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Ponte Preta 2 x 1 Atlético PR: Série A 2017 nesta quarta

Foto:Luciano Claudino/Código19/Estadão Conteúdo




Jogo das 5 da tarde, no calor de Campinas a vitória que a Ponte precisava para cada vez mais tentar não se complicar no quesito zona de rebaixamento e na luta lá embaixo cada vitória é importante enquanto o Atlético PR de novo volta nos mesmos erros, nos mesmos problemas.
Falamos do jogo, sem perda de tempo: No primeiro tempo tivemos o Atlético PR criando, sendo melhor no começo e a ponto de colocar uma bola na trave com Ribamar, e o jogo devido ao calor só piorou de vez até antes da parada técnica em que o Eduardo Baptista fez melhorar o time ponte-pretano que foi para o jogo, foi para a pressão, buscou o gol e o gol foi questão de tempo em Campinas. Falta perto da área, Danilo Barcelos vai pra bola, cobra bem e marca o 1 a 0, placar que terminou assim o primeiro tempo de jogo.
Na segunda etapa, Furacão pressionando e Ponte só no contra-ataque. Assim funcionou tudo, e até a melhor dessas chances foi no chute do Lucho González, que passou perto e nem a alteração de Ederson no lugar de Ribamar deu algo. Nisso, a Ponte Preta pareceu que liquidaria o jogo aos 20, jogando em cima do Zé Ivaldo, Nino Paraíba recebeu na direita e cruzou na área para Danilo Barcellos tocar e marcar o 2 a 0.
Só que na sequência, o desconto do Atlético quando em cruzamento, Sidcley finaliza e o quicar da bola engana Aranha para o desconto rubro-negro, os instantes finais foram de pressão atleticana e o lado ponte-pretano tendo que se defender, a ponto do Aranha salvar no último lance do jogo e o alívio no fim para o Eduardo Baptista.
Nos outros jogos, falo das 7 e meia, tivemos Grêmio 1 x 0 São Paulo e Cruzeiro 2 x 2 Avaí.

Cauê Verzola decide, Caxias vence Bauru em solo caxiense no NBB

Foto: Caxias Basquete




70 a 69, palco lotado em Caxias no Vascão da Gama e festa caxiense na estreia(para eles) do NBB enquanto a equipe bauruense perdeu o jogo e terá que se recuperar na sexta no jogo do twitter contra Joinville, enquanto Caxias mesmo no jogo do rádio enfrenta Franca também em casa.
E o jogo? Conto pra vocês. Primeiro quarto teve muito equilíbrio, só que Bauru marcava mal e a equipe Caxiense aproveitava inclusive com Enzo Cafferata aparecendo bastante e nisso um 23 a 17 no fim do primeiro quarto em favor da equipe de Rodrigo Barbosa.
No segundo quarto, Caxias chegou a estar numa vantagem de 10 pontos na frente durante grande parte do quarto. Até que apareceu a melhoria defensiva bauruense, apareceu a qualidade de Rafael Hettshemeir para descontar a vantagem em 1 ponto, embora não conseguiu virar o jogo. Nisso Caxias ficou no 37 a 36 na ida para o intervalo.
Na volta de intervalo, a mesma situação do segundo quarto. Caxias abriu vantagem, abriu de novo 11 pontos, parecia que agora vai, mas a equipe bauruense conseguiu reagir com a sua qualidade em que voltou a encostar e a ficar apenas em 3 pontos. Até senti que Caxias estava sem aguentar o tranco que o jogo colocava, ainda mais em grande parte do tempo que chegou a ficar amarrado. Nisso, 56 a 53 para Caxias antes do último quarto.
No último quarto, o equilíbrio permaneceu entre caxienses e bauruenses e nisso tudo ficou resolvido para a reta final de jogo. Pulo para o minuto final de jogo, em que a equipe bauruense viraria o jogo inclusive com Isaac sofrendo falta e batendo os 2 lances livres que foram convertidos. Nesse instante era 17 segundos e a última posse caxiense após o tempo pedido por Rodrigo Barbosa, e na posse de bola. Cauê Verzola no mais puro "0800, ATIENDE O NO ATIENDE, PERO SIEMPRE TE ATIENDE"(como diria o Altamirano) e pagaram para ver ele chutar de fora e resolver o jogo igual feito num jogo de temporada passada com Campo Mourão vencendo Pinheiros na Capital Paulista pelo NBB. Cesta e 4 segundos ainda para a equipe bauruense armar algo após o pedido de tempo de Hudson Previdelo(o Demétrius voltará sexta-feira em Joinville), na volta desse tempo tudo mal armado para o Anthony e a bola ainda saiu com 8 décimos que só dava tempo do famoso tapinha, nisso nada deu certo e festa caxiense no fim de jogo embora a declaração de todos é que está apenas no começo.
Deu Caxias no outro jogo do dia sobre o Sendi Bauru Basquete.
Cestinhas do jogo? Caxias teve 22 pontos do Cauê Borges, 18 do Marcão e 10 do Cauê Verzola. Já Bauru teve 18 pontos do Rafael Hettsheimeir e 10 do Isaac.

No NBB, Joinville aplica o vira-vira e vence Franca no Cau Hansen

Foto: Salmo Duarte





Negligenciada francana do tamanho da maior cidade do estado de Santa Catarina, competência e reação joinvilense que não era nenhum pouco esperada pelo o desenho do jogo e no fim a alegria foi de Joinville que venceu um jogo que vai pesar lá na frente ainda mais na realidade catarinense dentro do campeonato. Já o time de Franca, tem que tomar aquela senhora bronca mesmo, como pode um time que controla a forma que controla e de repente não volta para o segundo tempo? A bronca tem que rolar feia no vestiário francano. É do 68 a 59 que o Blog destaca num dos jogos do dia no NBB.
Falamos do jogo, tivemos um fraco primeiro quarto de ambos os lados, e sem nervosos, Franca fez o suficiente para aplicar um 17 a 9 que terminou o primeiro quarto. Fraco primeiro quarto com aproveitamentos baixos, erros de ambos os lados e uma pelada daquelas, mas Franca na frente. Enquanto Joinville não se achava em quadra lá no segundo quarto, os comandados do Helinho simplesmente começaram a aplicar vantagem. Cipolini, Gruber, Henrique Coelho e sem fazer muito.....se aplica 20 pontos de frente e 36 a 16 na ida para o intervalo.
Na volta do intervalo, simplesmente a mudança total no jogo. Era Joinville no jogo interno, no jogo do feijão com Arroz com Felipe Vezaro, com Maxwell que mudou o jogo de vez e Franca simplesmente desaparecendo do jogo e não fazendo mais nada. 29 a 13 só no terceiro quarto em favor da equipe de George Salles, com direito a "acreditem, Dá para nós" em um dos tempos e nisso um 49 a 45, com Franca ainda na frente mas o jogo completamente mudado e oposto ao primeiro tempo de jogo.
No último quarto, mais do mesmo: Empate e virada restando 3 minutos finais de jogo, com a torcida com bom público no Cau Hansen e nem na reta final de jogo a equipe francana reagiu no jogo. Joinville conseguiu uma vitória com reação espetacular, algo que no desenho do jogo e por quem foi eliminado no estadual local nas semifinais como Joinville fez.....nunca que iriam imaginar nisso, acho que nem o mais otimista torcedor joinvilense se viu assim. Mas, Joinville me fez lembrar um comentário que fez com relação ao Bohemios(time da Liga Uruguaia que quem segue o blog sabe que ele se liga na LUB) sobre a falta de elenco, a falta de qualidade e que foi suprida de outra forma e com personalidade. E é um equívoco falar de alguns como garotos do clube, Maxwell mesmo girou por outros clubes, Felipe Vezaro também girou por alguns clubes também só pra citar alguns exemplos. Assim aconteceu o jogo no Cau Hansen, deu Joinville sobre Franca. Lado Francano tem que tomar muita, mas muita bronca.....nem tem desculpa de nada, já Joinville tem que festejar uma vitória que não era esperada.
Cestinhas do jogo? Joinville teve 23 pontos do Felipe Vezaro, 15 do André Bambu e 10 do Deonta Stocks. Já Franca teve 12 pontos do Gruber, 12 do Léo Meindl, 11 do Pedro e 10 do Cipolini.

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Cobertura in loco do NBB, Paulistano vence Flamengo na Rua Colômbia

Com a presença de Alexsandar Petkovic que é o treinador da seleção brasileira, com até bom público.....a cobertura in loco do NBB andou de volta aqui no Blog do Igor. Sentiu falta? Pois ela voltou e voltou com o jogo entre um Paulistano que queria se recuperar de uma péssima noite em Franca na sexta passada quando tomou a famosa "paliza" em solo francano, já o Flamengo queria se recuperar da eliminação na Sul-Americana em grupo que deu Estudiantes de Concordia no fim, e no fim deu Paulistano se reabilitando no NBB sobre um Flamengo que ainda não emplacou e volta o José Neto ser a bola da vez com a diretoria o bancando até não puder mais, alias.....José Neto que se encontrou já em situações assim no próprio Flamengo. Agora algo do lado rubro-negro precisava dizer, porque contrataram o Pilar se o "horse" pouco joga numa rotação em que MJ Rhett não é confiável e até João Vitor tem mais rotação que o Pilar? Começo a achar que o Pilar daqui a pouco terá que procurar uma equipe, para ter mais tempos de quadra e até podendo fazer muito por outra equipe já que tiraram o espaço dele no Flamengo. Também ando me decepcionando até o momento com o Cubillán, esperava mais do venezuelano.
Falamos do jogo sem firulas, antes do jogo, teve 1 minuto de silêncio pelo falecimento do pai de Gustavo de Conti, e até por isso Roberto Jayme assumiu a equipe hoje, o que se espera é que em situações difíceis dessas em que perder um ente querido é complicado, difícil e duro para falar que as pessoas sejam fortes, aguentem o tranco e buscam se melhorar, 1 minuto de silêncio super respeitado de fato. No primeiro quarto, uma abertura de 10 a 0 em 2 minutos de jogo com 3 bolas de 3 e um lance livre convertido(até uma destas bolas foram marcadas por Lucas Dias). Esse início avassalador do Paulistano fez o placar durar desta maneira até a reta final do quarto, Marquinhos ajudou um pouco o Flamengo a descontar a vantagem, mas se via um Paulistano defendendo tudo, se via a equipe da Rua Colômbia nesse lado para terminar o quarto na frente por 21 a 15.
No segundo quarto, o Paulistano seguiu na frente grande parte do quarto até administrando a vantagem. Mas nos últimos 3 minutos ao menos, o Flamengo começou a encostar e ainda mais com Rhett e com um pouco de jogo interno até que a melhoria rubro-negra com direito a giro de bola....fazer cair a vantagem apenas para 1 ponto e o intervalo conforme a foto abaixo, 30 a 29, Paulistano na frente.
Na volta de intervalo, foi o quarto de quem dominou o garrafão, foi o quarto do ex jogador do Olímpico de La Banda, falo de David Nesbitt que dominou o garrafão quando esteve em quadra e sem falar nas 2 bolas de 3 do Deryk que botar a vantagem do Paulistano em quase 15 pontos, era um famoso vareio de bola. A sorte rubro-negra é que mesmo com a atuação ruim em todo o jogo, a vantagem não era tão grande de ser tirada e no fim do terceiro quarto, 56 a 42 para o Paulistano antes do último quarto, com direito a Fuller metendo bola espetacular na última do quarto deitado.
No último quarto, o Paulistano teve a chance pra liquidar o jogo ainda mais tirando o JP Batista de fora do garrafão sempre. Até que veio a reação rubro-negra, com um pouco mais de bola trocada, bola disponibilizada e com chutes de fora do Marcelinho e sem falar no jogo interno puxado por JP Batista, a vantagem simplesmente caiu para 3 pontos na reta final de jogo que teve chances para ambos os lados(um de chegar a empatar e o outro de liquidar o jogo) e tivemos 3 momentos que fizeram o Paulistano liquidar o jogo, um deles quando Fuller meteu bola de 3 pra botar a vantagem em 2 posses de bola, teve o momento de um rebote pegado e bola de Nesbitt para o jogo convertida e o outro momento de jogo liquidado foi os lances livres quando o Flamengo tinha que fazer falta para chegar.
Um apático Flamengo de um lado e um Paulistano bem do outro, até era noite de Elinho dando passe sem olhar e com visão para jogadores da equipe.....pra ver como foi a noite dentro da Rua Colômbia, lá no Antônio Prado Jr.
Próximos jogos das equipes: Paulistano tem o Minas em casa(jogo do Facebook da Liga, e não estranho se tiver a Rádio Poliesportiva no meio também), já o Flamengo terá no Belin Carolo em Campo Mourão enfrentando a equipe da casa(jogo sem televisionamento e sem nada, é jogo do rádio, jogo da Rádio Humaitá de Campo Mourão).
Cestinhas do jogo? Anote aí: Paulistano teve 13 pontos do David Nesbitt e 3 jogadores com 11 pontos cada(Deryk, Fuller e Lucas Dias). Já o Flamengo teve 14 pontos do Cubillán(lembrando que a pontuação nem sempre compatibiliza com a atuação em si, e no in loco podemos ver bem isso), 11 do Marquinhos e 10 do MJ Rhett.





E O BASQUETE NESTA TERÇA....
Primeiro o NBB que teve mais 2 jogos nesta noite, um deles sem rádio, sem TV e sem nada e o outro com o rádio. No do Rádio teve vitória do Minas por 77 a 69 jogando em solo paranaense contra Campo Mourão, e em São Januário tivemos a vitória do Pinheiros por 82 a 71 sobre o Vasco.
Já na fase da Liga Sul-Americana de Basquete, tivemos a primeira rodada do seu grupo em que o campeão do grupo passa pra final e encara o Estudiantes de Concordia, tivemos o Quilmes atropelando o Aguada por 76 a 57 e o Guaros de Lara passando apertos contra o Cimarrones de Chocó mas venceu por 83 a 81.
Já na LUB(Liga Uruguaia de Basquete), teve jogo da noite, teve duelo de TV e vitória por 82 a 61 do Olímpia sobre o Larre Borges na sua quadra e com Paul Harrison sendo destaque. Até cheguei a ouvir parte da segunda etapa desse jogo e assim foi, com um último quarto resolvido e sem o Larre Borges fazer algo.




GALERIA DE FOTOS
A galeria que é sempre clássica, lembrando que todas as fotos feitas nessa postagem são as fotos próprias deste que vos fala.
Destaco nesta galeria de fotos a aparição do público nesta terça, destaco que teve máquina de pipoca lá dentro com a criançada indo por causa bem disso e não por causa do jogo em si. Teve um registro deste que vos fala mostrando como é a bola que botam nesta temporada de NBB, teve imagens do jogo, imagens dos bancos no pedido de tempo, além do clássico momento de hino nacional que sempre posto por aqui.
No mais é isso, e que saibam que aqui faço este espaço com prazer, e prazer não se mistura com fazer média. Nas redes sociais é o @blogdoigor05 no twitter e no facebook tem a página própria que é o facebook.com/blogdoigor05
Fiquem com a postagem, porque logo neste feriado que está chegando tem muito mais, fiquem com o post e com as fotos!















Observações, Opiniões e tudo mais nesta madrugada

Vamos aos detalhes que são sempre detalhes, o clássico post para vocês.
Lembrando que o Blog funciona assim nas redes sociais:
Twitter: @blogdoigor05
Facebook: Facebook.com/blogdoigor05






-Falta pouco para sabermos todos os representantes da Copa do Mundo Rússia 2018, e a Copa do Mundo que já estava sem Estados Unidos, sem Holanda, agora ficará sem a Itália. Nem com Buffon tentando ir na área adiantou para buscar o gol que igualaria a vantagem, e a Suécia segurou um 0 a 0 no San Siro com festa para chegar ao Mundial. A Itália que plantou o que colheu e não é de hoje com relação a mudança do futebol, falta de safra nova, um treinador que é fraco como o Ventura e sem falar o futebol que parou no tempo, alias esse momento que fez comparar a não ida da Eurocopa de 1984 com Enzo Bearzot que foi um tempo difícil. Ficou de fora, e a emoção do Buffon ao microfone da RAI é algo imensurável, ele merecia estar na Copa do Mundo mas não merecia o que se passava ali, desde 1958 a Itália sempre teve presente nos Mundiais. Essa sim, uma perda irreparável, embora existe, ainda mais quando tem a incompetência chamada de lado. Se lamenta por um lado, e por outro destaca que no futebol a incompetência, as escolhas podem gerar isso, e isso em seleções grandes pode acontecer e aconteceu com a Azzurra.
-Ainda encontro palavras, opiniões sobre a demissão de Guto Ferreira no sábado após o 1 a 1 que causou até revoltas do torcedor com o Internacional na série B, sendo que logo logo vão subir. Realmente existem coisas no Internacional dignas de não entender, até queria saber essa demissão do Guto Ferreira direito, e não consegui encontrar nem uma opinião formada sobre o assunto. Até pedi ajuda de gente, mas como a moral do Igor é sempre no total de 0%, deixamos estar.
Sabemos que no Inter temos a situação política que não muda e os conflitos que não param, agora tem essa situação da nova que não é tão nova assim.
-E o Maurício Assumpção sendo intimado pela situação da Odebrecht hein? Tem que responder pelos seus atos, ele que destruiu o Botafogo, quebrou o clube, por mais que tenha havido mais dirigências incompetentes, a dele fez parte desse meio.
-Atenção pra você que quer saber representantes de Libertadores e Sul-Americana em outros países. A situação no futebol uruguaio nos 2 tweets de Franco Saxlund mostra como anda essa briga: https://twitter.com/FranSaxlund/status/929920517611585537 e https://twitter.com/FranSaxlund/status/929920003306115072
-E o Novo Estatuto do COB hein? Agora qualquer pessoa pode ter a capacidade de candidatura: http://www.otempo.com.br/superfc/novo-estatuto-do-cob-permite-que-qualquer-cidad%C3%A3o-dispute-presid%C3%AAncia-1.1542139
-Ótima postagem do Thiago Pinheiro: http://globoesporte.globo.com/rj/blogs/especial-blog/torcedor-do-botafogo/post/eu-gosto-e-do-botafogo-e-somente-dele.html
-No Tênis, ATP Finals rolando essa semana e na segunda que passou teve Dimitrov vencendo Thiem e teve Nadal perdendo para o Goffin que enfim conseguiu vitória sobre os grandes em que só batia na trave. Nesta terça, tem mais.
-NHL e NFL, o esporte americano nos placares do final de semana e desta segunda: https://www.nhl.com/scores e http://www.nfl.com/scores
-No Vôlei, nesta terça com o jogo sendo do rádio no SESI em Taguatinga teremos mais uma sofrência para o Brasília Vôlei. A da vez é o SESC Rio do Bernardinho. Jogo do rádio através das brasilienses Esportes Brasília e BSB Sports, sem TV e sem nada além do rádio na Superliga Feminina e nem dá pra esconder a realidade, é bem mais do mesmo. Além de jogos que serão televisionados.
-O que teremos de televisionado nesta terça-feira e a programação esportiva nos canais esportivos é bem essa, agora me estranha que Argentina-Nigéria não terá transmissão de nada: http://www.portalmidiaesporte.com/2017/11/programacao-esportiva-da-tv-terca-feira_13.html
-Como tem gente desinformada: O Osvaldas Matulionis NÃO É O PRIMEIRO europeu a jogar o NBB.
Tivemos Vuk Ivanovic jogando uma temporada em Franca, por exemplo, sem contar em demais europeus que já jogaram na nossa liga de basquete. Então quem tá escrevendo isso, tá desinformado!
"Ahhh mas é o primeiro a jogar em Bauru", MENOS, BEM MENOS. Lembram de Jason Detrick que era alemão(e nem eu lembrava disso)? Pois bem, é o primeiro europeu de fato a jogar na "sem limites". E é outro reforço que não conheço, nada posso dizer sobre ele e tem que ver ele jogando, até dizem que é um cara que vem de lesão.
-Até o presente momento na terça-feira: 3 jogos do NBB e só por enquanto Vasco x Pinheiros sem transmissão de nada(nem rádio por enquanto). Paulistano x Flamengo tem a transmissão do Sportv.com(link que no horário próximo ao jogo, disponibilizam), Campo Mourão x Minas(que é do rádio, falo da Rádio Humaitá que deveriam consertar para ouvir pela internet, por enquanto a rádio só terá acesso no radinho de pilha de Campo Mourão) e Vasco x Pinheiros(que por enquanto é sem nada). Claro que nas próximas horas terá a sabida de rádios, e demais nesse meio. Isso na terça-feira.
-No Basquete Argentino, 2 coisas: 1 delas é que Córdoba, o Angel Sandrín será palco do final four dos dias 17 e 18 de Novembro do Super 20. San Lorenzo x Instituto e Gimnasia x San Martín, as semifinais.
Já a outra notícia é que o Obras Sanitarias conseguiu seu novo treinador, trata-se de Gregório Martínez: http://www.basquetplus.com/articulo/obras-confirm%C3%B3-su-nuevo-entrenador-gregorio-mart%C3%ADnez
-E uma última coisa, Estava outro dia fazendo uma pesquisa sobre paradeiros dos estrangeiros que já jogaram com a camiseta do Uniceub/Universo Brasília!!! Querem saber? E não tivemos muitos nomes na história do clube.
Aqui está a lista:
Osimani: Defensor Sporting(URU)
Hobson: Atenas de Córdoba(ARG)
Goree: Parece que se aposentou
Hickerson: Não achei que fim levou ele
Goodridge: Foi para o Basquete canadense
Lamonte: Peñarol(ARG)
E teve o Sérgio Hernández que tá treinando a seleção argentina! Sobre Pinnock nem dá pra contar, porque ele nem chegou e nem jogou. É isso. E o Cerrado Basquete inaugurará na quarta o núcleo de formação do Cerrado Basquete, será em São Sebastião, cidade Satélite de Brasília, algo que o Dimitri cumpriu que iria fazer e ao menos está fazendo, irá inaugurar.